Retalhos Bem-vindo! Retalhos Willkommen! Retalhos Bienvenido! Retalhos Bienvenue! Retalhos Benvenuti! Retalhos Welcome! Retalhos 歡迎! Retalhos Καλως ηλθατε! Retalhos Добро пожаловать! Retalhos!مرحبا Retalhos

PORTUGAL: BEM VINDO SANTO PADRE!

VÍDEOS: Para visualizar e ouvir os vídeos deverá dasativar a música de fundo no painel aqui do lado esquerdo

16 abril 2009

Ordem Franciscana: oito séculos


(Bloco com dois selos lançados pelos CCT no passado dia 31 no Centro Cultural Franciscano em Lisboa. Representam a aprovação da Regra Franciscana e a Tonsura de S. Francisco - corte do cabelo - sinal de Consagração)
Passaram oito séculos
Hoje, dia 16 de abril de 2009, toda a Família Franciscana mundial está em festa.
Neste mesmo dia, no ano de 1209, o então jovem Francisco de Assis recebeu do papa Inocêncio III a aprovação da REGRA e “forma de vida” para iniciar com os seus primeiros irmãos, o caminho da fraternidade. Nascia assim, a Ordem dos Frades Menores.
Este dia tem vindo a ser preparado desde há três anos a esta parte. “A graça das origens” foi o documento de base para que todos aqueles que, neste tempo hodierno, seguem Francisco de Assis pudessem chegar a este dia com a clara convicção da Missão e Vocação de ser Menor ao jeito de Francisco.
Clara foi a primeira mulher a romper com as estruturas do seu tempo e a juntar-se ao já grande número de irmãos unidos ao ideal de Francisco. Mais tarde a sua mãe Hortolana e a sua irmã Inês se lhe juntaram e tantas outras até aos nossos dias, as Senhoras pobres, as Damianitas (porque Francisco a deixou ficar no pequeno conventinho de S. Damião, e hoje chamadas em todo o mundo de Irmãs Clarisssas. Com Francisco, Clara, funda assim a segunda Ordem Franciscana.
Também o casal Beato Luquésio e sua esposa se juntaram a Francisco fazendo crescer assim a Vocação Franciscana numa Terceira Ordem de irmãos e irmãs que estando e vivendo no mundo aí transmitiam e transmitem a vida em Menoridade e Fraternidade.
A este grupo de irmãos e irmãs terceiros se têm juntado muitos homens e mulheres que, inspirados pelo Senhor, têm fundado centenas de Congregações, Institutos, ou pias uniões inspiradas nesta Forma de Vida de Francisco de Assis.
Faz hoje mesmo oito séculos que aos pés do Papa Inocêncio III Francisco recebe a aprovação da sua Regra e Forma de vida, se Consagra ao Senhor e inicia oficialmente esta Ordem de irmãos e irmãs que mais não querem que viver o Evangelho de Jesus Cristo no testemunho de vida em Menoridade.
Curiosamente ocorre este facto no dia do aniversário do Papa Bento XVI.
Unido a toda a Família Franciscana Mundial, a toda a Igreja na pessoa do Santo Padre, quer pedir a Santa Maria dos Anjos da Porciúncula a Sua bênção Maternal para todos os que, Franciscanos ou não, olham para Francisco e Clara de Assis e para os seus filhos e filhas com ternura de irmãos.
Que a todos “O Senhor abençoe”.

ORDEM FRANCISCANA

Nova vida! Ordem nova que alvorece!
Uma regra inaudita neste mundo!
Lei sagrada que vem restaurar
O estado do Evangelho sacrossanto.

Ele veste um burel sem pretensões;
Uma corda grosseira por cintura.
O pão só por medida se permite;
E nega-se o conforto do calçado.

Nosso bondoso Pai, nosso Pai santo!
Por tua ajuda, o povo teu devoto,
Unido com a turba dos Irmãos,
Possa alcançar o prémio celestial.

Oh! Faze companheiros dos eleitos
A todos os que inspiras na virtude.
Consiga o teu rebanho dos Menores
O gozo sempiterno lá dos céus. Amen.

(Leccionário Franciscano)

8 comentários:

maresia disse...

Há oito séculos, Francisco deixou o mundo melhor e mais rico com o seu Testemunho de Vida; do mesmo modo, o tentam fazer aqueles que lhe seguem os passos, num mundo que tem saudades de Francisco, como dizia o nosso querido João Paulo II.
Que o Senhor abençoe a Família Franciscana, em dia tão cheio de significado.
Seja por Caridade

Alda disse...

E Francisco passou pelos séculos e chegou aqui,
não porque existiu, mas porque viveu.
Francisco buscou ideais que não envelhecem, que não cansam, que valem para sempre e que satisfazem o coração humano.(S.Franc.um homem que amou o mundo).
Senhor abençoa toda a Familia Franciscana.
Paz e Bem
Alda

Sirlene disse...

Frei Albertino e amigos do Retalhos,
Viva a tecnologia!Que graça, poder ver ao vivo a transmissão, pela internet, de toda a cerimônia, desta celebração em Assis!Deus seja louvado!E foi, especialmente gratificante ver o nosso Cardeal Dom Cláudio Humes!
Paz e Bem a todos de lá e de cá!

Kálita disse...

Frei, vou voltar com tempo pra comentar melhor sobre ess grande evento, mas confesso que a igrejinha de S.Francisco na foto encheu-me os olhos...linda! Diz tanto só pela imagem...
quero fazer um convite:
tem um post especial no http://movimento-natureza.blogspot.com
Que tal participar?dá uma conferida lá, a natureza agradece:)
beeeijos

maresia disse...

Amigo, este Dia do Senhor chegou ao fim e na Eucaristia em que participei, não foi feita nenhuma referência ao Domingo da Misericórdia, instituído por João Paulo II.
Vou procurar no nosso Retalhos 1. Daquilo que encontrar, partilharei amanhã, se Deus quiser.
Seja por Caridade

fiducia disse...

Como lembra Maresia e muito bem, fiz umas pesquisas e verifiquei que em Junho de 2002 o Papa João Paulo II regulamentou, para toda a Igreja esse desejo expresso de Nosso Senhor:
“Concede-se a Indulgência plenária nas habituais condições (Confissão sacramental, Comunhão eucarística e orações segundo a intenção do Sumo Pontífice) ao fiel que no segundo Domingo de Páscoa, ou seja, da "Misericórdia Divina", em qualquer igreja ou oratório, com o espírito desapegado completamente da afeição a qualquer pecado, também venial, participe nas práticas de piedade em honra da Divina Misericórdia, ou pelo menos recite, na presença do Santíssimo Sacramento da Eucaristia, publicamente exposto ou guardado no Tabernáculo, o Pai-Nosso e o Credo, juntamente com uma invocação piedosa ao Senhor Jesus Misericordioso (por ex., "Ó Jesus Misericordioso, confio em Ti").” (Cf. www.vatican.va) Só podemos dizer como no Salmo de hoje: “Dai graças ao Senhor porque Ele é bom, porque é eterna a sua Misericórdia.” (Sl 117).

Anónimo disse...

Gostaria de saber se os Franciscanos de hoje ainda recebem a tonsura?

Albertino disse...

TONSURA:

A Tonsura era um dos sinais visíveis de que o tonsurado era um Clérigo ou um Consagrado/Membro de uma Ordem Religiosa.
A tonsura era feita aos homens já que as mulheres cortavam os cabelos, como aconteceu com Santa Clara, e revestiam a cabeça com um véu.
Desde o início da idade média que este era um dos sinais exteriores de pertença à Igreja Intituconal/Religiosa e que se estendeu até a Concílio Vaticano II.
Com o referido Concílio muitas acções, ritos e formas exteriores de se apresentar foran simplificadas.
Uma delas foi a tonsura que deixou de ser fazer, não só na Ordem Franciscana mas em toda a Igreja.
O Código de DIreito Canónico em vigor (1983) aconselha simplesmente que os Sacerdotes usem a veste talar e os religiosos o Hábito próprio ou simplesmente, de acordo com os Superiores Maiores competentes, um sinal exterior como uma Cruz ao peito ou na lapela, ou outro símbolo de Ordem, Congregação ou Instituto Religoso.
Quanto à Ordem Franciscana, S. Francisco nunca foi escrevo destas coisas por ele mesmo deixou em plena Idade Média, escrito na Regra, que os Irmãos adaptem o Hábito às circunstâncias, tempos e lugares se a isso houver necessidade de recorrer.
Paz e bem.

AVISO LEGAL – Procurarei fazer, neste blog, uma utilização cautelosa de textos, imagens, sons e outros dados, respeitando os direitos autoriais dos mesmos. Sempre que a legislação exigir, ou reclamados os referidos direitos de autor, procurarei prontamente respeitá-los, corrigindo informação ou retirando os mesmos do blog

 
© 2009 | RETALHOS 2 | Por Templates para Você