Retalhos Bem-vindo! Retalhos Willkommen! Retalhos Bienvenido! Retalhos Bienvenue! Retalhos Benvenuti! Retalhos Welcome! Retalhos 歡迎! Retalhos Καλως ηλθατε! Retalhos Добро пожаловать! Retalhos!مرحبا Retalhos

PORTUGAL: BEM VINDO SANTO PADRE!

VÍDEOS: Para visualizar e ouvir os vídeos deverá dasativar a música de fundo no painel aqui do lado esquerdo

25 julho 2009

Dia dos Avós



Olá querida Família Retalhos!
Sou a avó Joaquina e os netos empurraram-me para eu mexer nestas modernices dos computadores e como é bom aprender até morrer, aqui estou eu.
Estou a tentar falar-vos de um dia muito bonito, o Dia dos Avós.
Porquê este dia?
Se eu me enganar, o Frei faça o favor de corrigir, é assim que os netos me fazem.
É celebrado neste dia 26 de Julho, porque é o dia de S. Joaquim e Sta. Ana, Pais de Nossa Senhora e, claro, Avós do Menino Jesus.
Num jornal antigo - nós os velhotes gostamos muito de guardar coisas - só consigo perceber, (Jornal da educação, página 3), tem uma notícia com este nome: “ Os avós serão um peso morto? ”, para logo em seguida o mesmo jornal dizer: “ Os avós reencontrados: uma cumplicidade acima das gerações”.
Eu penso que os avós não são um peso morto. Alguns infantários até fazem coisas em conjunto com os avós e que tem dado bons frutos. Uma vez até vi na televisão uma jovem toda contente porque, dizia ela, tinha adoptado uma avó que estava num Lar e nunca ninguém a ia visitar; por isso passou ela a faze-lo, o que se tornou numa alegria para as duas.
E fico-me por aqui, mais não digo senão ides achar-me chata. Para terminar, deixo-vos estas palavras que a minha neta trouxe da escola:
“ DEFINIÇÃO DE AVÓ
Artigo redigido por uma menina de 8 anos e publicado no Jornal do Cartaxo. Está uma ternura.
Uma avó é uma mulher que não tem filhos, por isso gosta dos filhos dos outros. As avós não têm nada para fazer, é só estarem ali. Quando nos levam a passear, andam devagar e não pisam as flores bonitas, nem as lagartas. Nunca dizem “despacha-te”. Normalmente são gordas, mas mesmo assim conseguem apertar-nos os sapatos. Sabem sempre que a gente quer mais uma fatia de bolo ou uma fatia maior. As avós usam óculos e às vezes até conseguem tirar os dentes. Quando nos contam histórias, nunca saltam bocados e nunca se importam de contar a mesma história várias vezes. As avós são as únicas pessoas grandes que têm sempre tempo. Não são tão fracas como dizem, apesar de morrerem mais vezes do que nós. Toda a gente deve fazer o possível por ter uma avó. “
Vou aproveitar as férias dos netos, para ir aprendendo a mexer nestas coisas, (mas só com eles ao pé de mim), por isso vou continuar a falar deste assunto aqui, se o sr. Padre Albertino mo permitir, porque acho que é muito importante.
Avó Joaquina
Obrigado avó pela partilha.
Hoje é sem dúvida o dia em que a Igreja recordaria, liturgicamente, os pais de Nossa Senhora que se tornaram o símbolo do amor e ternura que os avós devem ser e ter.
Este anos, e porque coincide com o Domingo, Dia do Senhor, e porque nenhuma festa se sobrepõe às festas do Senhor, como é o Domingo - dia da Ressurreição - não se celebra liturgicamente a festa de Santa Ana e S. Joaquim contudo, o dia dos avós aí está e é bom ter avós com quem brincar, rir, confiar sejam eles magros ou gordos, rabugentos ou mais compreensivos... estejam eles no meio de nós ou junto de Deus.
Que Deus, por Ana e Joaquim, abençoe todos os avós...

8 comentários:

Sirlene disse...

Muito simpática Vovó Joaquina,
Emocionei-me com a sua participação, trazendo-nos tão rica página , provando seu aprendizado na lida desta novidade magnífica que é a internet...tomara Deus que todas as vovós a imitem, porque palavra de avó é como beijo de mãe, em dobro...
Há uns anos falei, daqui do Brasil com uma senhora no Canadá,num desses programas de conversa online e ela me disse que aprendera a mexer nesta máquina, com o único intúito de se comunicar com os netos...Uma outra senhora japonesa,morando aqui em São Paulo, embora fosse professora primária lá no Japão,ingressou numa escola primária aqui, quando sua primeira neta entrou para a escola, a fim de poder se comunicar melhor com ela...
Sim, os avós jamais serão peso morto!Mesmo que não sejam reconhecidos abertamente, são eles os únicos capazes de transmitir o sentido da tradição, são a imagem do futuro do herdeiro que os mira, seja visível ou invisivelmente, isto é muito profundo!Lembro-me de um professor de obstetrícia que perguntado qdo devería ser começado um preparo pré-natal, ele respondia:"nos avós deste ser em formação".Isto para dizer que , física, mental social e espiritualmente falando, o ser humano é continuidade, um do outro, emprestando vida a fora sua higidez ou seus vícios...
Vi certa vez na Tv um programa nalgum país em que a educação da criança na idade pré escolar é entregue a pessoas com mais de 80 anos de idade, que obviamente, estejam sadias.Imagine o resultado!Como se infere desta página trazida pela sua netinha, Vovó Joaquina,possamos todos ter a graça de conviver com avós!

mariana disse...

Olá Frei!
Que bonito. Temos novo visual.
Gosto!
Agora passa a ir ver o Tejo ao vivo, e recorda a sua aldeia, sempre com saudade.

Celebrámos o Dia dos Avós. Não o sou, apenas mãe, mas não trata de mais uma data comemorativa criada com fins comerciais, mas de um dia de reflexão e agradecimento àqueles que tanto contribuem para a formação dos netos, sendo a sua companhia cada vez mais constante e necessária nos dias actuais, visto que os pais precisam trabalhar fora.

Os nossos avós – e todos os idosos, de modo geral – são as pessoas que mais devem ser valorizadas como símbolos de experiência e sabedoria. Eles trazem consigo o testemunho de décadas, de gerações de avanços, modernidade e mudanças de comportamento. Hoje, muitos deles consideram que o tempo não tem a mesma importância de outrora, tanto que o relógio de pulso é usado apenas como acessório.

Se hoje eles têm a pele flácida, o corpo mais sensível e a visão enfraquecida, devemos lembrar-nos que nem sempre foi assim. Afinal, já batalharam muito e dedicaram as suas vidas ao cuidado da família...

É muito triste constatar que em muitas famílias os idosos são tratados como objectos antigos, doentes. Quanta injustiça!
A sua presença ensina aos mais novos o tesouro de ver o mundo com os olhos do coração.
OBRIGAGA. Boas Férias.
Recupere na calma, na paz, na serenidade e n o peso...!

maresia disse...

Avó Joaquina, obrigada pela sua partilha!
Fui percorrer Retalhos e verifiquei que os Avós ainda não tinham sido aqui aqui lembrados.
Pelas escolas por onde tenho passado, tenho procurado trazer os Avós à escola, para um dia de convívio com os netos. Tem sido das experiências mais enriquecedoras para ambas as gerações; os avós revivem os seus tempos de infância e os netos se alegram por terem ali aqueles de quem recebem tanta ternura e dedicação. Numa foto que guardo, vejo as duas gerações dançando e cantando canções de roda. Foi dos momentos mais gratificantes que já vivi.
Mais uma vez, obrigada e volte mais vezes.
PARABÉNS AMIGO FREI, RETALHOS ESTÁ LINDO, sempre renovado e cuidado..."...foi o tempo que perdeste com a tua rosa, que a tornou tão importante para ti." "O Príncipezinho" de S. Exupery

quina disse...

OBRIGADA FREI pela sua homilia, neste dia tão bonito, o dia dos avós.
Foi uma Benção do Senhor, um conforto espiritual.
É uma grande realidade o que o Frei disse:"Andamos todos controlados pelo relógio", mas o que era bom, era estar ali, a ouvi-lo falar das coisas do Senhor.

Ao longo dos meus muitos anos, quantas vezes já ouvi e li esta passagem do Evangelho, mas nunca ninguém me tinha explicado o significado dos doze cestos cheios ds migalhas.
Foram essas migalhas de fé, que Jesus entregou aos apóstolos, e assim se foram multiplicando para o Pão da Eucaristia chegar até nós hoje.

É maravilhoso ser avó, ajudar os netos em tudo o que nos é possível, transmitir os nossos saberes, onosso carinho, a nossa Fé e mais que tudo entregá-los ao Senhor.

Peço desculpa, isto é um teste para mim,com a ajuda da Mariana, espero continuar a comentar, ainda estou inexperiente. Mas, já li o blog quase todo.

Albertino disse...

Avó Quina, paz e bem.

Seja bem-vinda ao espaço cibernáutico e sobretudo a este nosso cantinho.
Até aqui tinha a Mariana que a ajudava e lhe lia o que por aqui todos partilhamos.
Agora, com o seu computador vai aprendendo coisas novas e a deixar mensagens. São sempre mais um retalho que enriquece toda a família que somos através deste espaço.

Que Deus a abençoe. Reze por mim.

Frei Albertino

xana disse...

Já estou muito atrasada, mas como vale mais tarde do que nunca, aqui estou eu para AGRADECER à Avó Joaquina a sua partilha. É sempre bem-vinda a este nosso cantinho”Retalhos”. Volte sempre.
A si amigo Frei, OBRIGADA também pelo novo visual no Blog, sempre muito bem cuidado. Tá bonito. Gostei.
Desejo-lhe Boas Férias. Descanse muito, que bem precisa…

Carmina Burana disse...

olá Frei Albertino,

está (estará) sempre presente nas nossas vidas, ligado, e nós a si, pelo pensamento, pelas emoções e pelas saudades...

Obrigado pelo carinho, pela amizade, pelos ensinamentos, pelas coordenadas, por esta sensação boa, de paz, que apesar dos problemas, do tempo sempre a correr... "está tudo bem", estamos no coração uns dos outros, fazemos sempre "parte d' alguém".

Soube à uns dias, quando regressamos de férias, que "andava um bocadinho abatido e triste". Os padres costumam rezar por nós, costumam pedir a Deus que "Olhe por nós", "nos leve pelo bom caminho", "ilumine as nossas vidas", quantas vezes estivemos presentes nas suas orações? Que eu tivesse sentido, muitas! Isto é só para lhe dizer que nós fazemos o mesmo, mas ao contrário :) ou seja: por si! Está bem? E fazemos com força e pedimos que Olhe por si e somos como as candeias, andamos acesas e juntas (à sua volta e de dia e de noite se for preciso, os amigos são para essas coisas) para que tenha sempre luz.

Um abraço forte.


em casa dos meus pais, hoje ao fim do dia:

minha mãe: - Tens ido ver o Frei Albertino?
eu - Não ultimamente, mas fui ao blogue.
meu pai - Ao blog...
minha mãe: - Agora também se vai à missa pela internet
pelos vistos.

(este episódio espero que o faça sorrir um bocadinho e espero, sinceramente, também, que tenha ganho uns quilinhos a mais nas férias :) não é que não esteja bem assim, está ótimo! Mas umas gramitas - eu ganhei umas gramitas, já nos fazem mais felizes não é? :))

Dos amigos,

maria joão, ricardo e miguel viana

Mª Teresa disse...

Avó Joaquina,
Felicito-a QUASE um ano após sua contribuição para o NOSSO RETALHOS. BRAVO ! Com certeza a Sra e sua neta distribuem entre si MERECIDOS elogios! Nunca é tarde para iniciarmos novas etapas... Também reservo a minha mãe bastante muito) valor...
Embora ela já entenda BASTANTE deste mundo "internauta" (será?) mantém-se numa azáfama de afazeres e sempre me diz: " Não. Eu já tenho muitas ocupações para meu espírito". Se Pedrinho (com 20 anos a completar em 2010) estivesse connosco, ele bem que a entu-siasmaria... Logo agora, se aproximando um dia dos Avós!... Se ela me lesse, bem que ia virar amuada... mas sei que nunca visita este blog... Será? Hum...
Acho que FA me autoriza a fazer este TESTE... Valeu?... Eu também sou "torcida" não é "madrecita?

AVISO LEGAL – Procurarei fazer, neste blog, uma utilização cautelosa de textos, imagens, sons e outros dados, respeitando os direitos autoriais dos mesmos. Sempre que a legislação exigir, ou reclamados os referidos direitos de autor, procurarei prontamente respeitá-los, corrigindo informação ou retirando os mesmos do blog

 
© 2009 | RETALHOS 2 | Por Templates para Você