Retalhos Bem-vindo! Retalhos Willkommen! Retalhos Bienvenido! Retalhos Bienvenue! Retalhos Benvenuti! Retalhos Welcome! Retalhos 歡迎! Retalhos Καλως ηλθατε! Retalhos Добро пожаловать! Retalhos!مرحبا Retalhos

Senhor! Fazei-me instrumento da vossa paz!

VÍDEOS: Para visualizar e ouvir os vídeos deverá dasativar a música de fundo no painel aqui do lado esquerdo

19 março 2010

José, Pai justo, Esposo fiel

Hoje o mundo volta uma vez mais a celebrar o DIA DO PAI.

Consagrado este dia a S. JOSÉ OPERÁRIO, Aquele Homem JUSTO a quem Deus chamou a ser "PAI adoptivo" e ESPOSO de Maria, muitos são hoje os que correm para as lojas e superfícies comerciais para comprarem uma prenda ao seu pai, e esquecem - ou telvez nunca tenham sabido - que este dia é dedicado aos pais porque é dedicado de forma especial ao pai José.
Ontem perguntei ao meu pai, Manuel, o que queria que eu lhe oferecesse neste dia. Resposta tão pronta na simplicidade de quem nunca foi habituado a receber prendas materiais: "eu não preciso de nada, filho". E ele precusa de tanta coisa...
Há três anos, no fim do dia, ao jeito de oração deixei sair o poema que se segue e que alguns Amigos já tiverem a amabilidade de comentar.
Que escrever sobre S. José? Que escrever sobre o pai e o dia a ele dedicado?
Se fosse escrever sobre o meu pai... sobre os sentimentos que este ano vivo e rezo... fica no silêncio da oração e no tempo de dedicação.
Assim quero republicar este poema - se ele assim se pode classificar, na pobreza do que é - louvando antes de mais S. José e a sua missão fiel ao projecto do Pai celeste.
Depois é também um acto de gratidão a Deus pelo meu pai, por tê-lo aqui tão perto e poder dedicar-lhe agora mais de mim e do meu tempo.
É também uma prece ao Pai pelo pai de cada um e cada uma de vós que aqui passais um pedaço de vida. Aos que já partiram para Deus, que sejam hoje para vós sinal de bênção. Aos que ainda peregrinam entre nós, que Deus, por intermédio de S. José, conceda a bênção, a saúde e a paz.


José Homem Justo, Servo de Deus
Pobre habitante da cidade de Nazaré.
A tua humildade subiu, alcançou os céus
E do alto, agraciado foste, com o dom da Fé.

O mundo te aclama: Servo fiel e prudente
Pelo desígnio de Deus em ti realizado,
E se p’ra Cristo foste o pai, no mundo presente,
Hoje és pai do que n’Ele se sente irmanado.

Trabalhando a madeira, na simplicidade,
Sonhos tinhas de uma vida, alegre, futura.
Mas o Senhor te chama à santidade
Gerando, em teu sonhos jovens, a ruptura.

Desposado com Maria, Mulher fiel,
Não sabias o que te reservava Iahweh.
Deus te chama a acolher o Emanuel,
A adoptar, paternamente, o rebento de Jessé.

E Maria, tua esposa, do Espírito concebera,
Num Sim total e fiel ao seu Senhor.
Não entendendo, o medo, em ti nascera,
Levando-te, no silêncio, à fuga ao Deus Amor.

Não temas José: pois Maria dará à luz
Pelo Espírito Santo o Messias esperado.
E tu mesmo, como um pai, chamar-lhe-ás Jesus,
Dando cumprimento ao que na Escritura é revelado.

E a força do Altíssimo em sonho se revela
Porque Deus a ti, Homem justo, escolhera.
Escutando a Sua voz, voltas para Aquela
Que sendo Virgem, o Filho de Deus, acolhera.

O momento da alegria resplandece em Belém
Onde na pobreza nasce o autor da Vida.
E ali estás, como um pai, junto a Maria Mãe,
Aquela, predestinada, sem mácula concebida.

Na cidade de Jerusalém, doze anos passados havia,
Dessa noite de estrelas, magos e pastores.
Na aflição da perda do Menino, que agonia!
No Templo o encontras ensinando os Doutores.

Pouco mais a Escritura, de ti, nos dá a conhecer
Mas o mundo de ti não se esquece, jamais.
E por isso todo o Homem, hoje, quer agradecer
Por teu nome, José, o amor que sente a seus pais.

Acolhe-nos, pai José, fortemente em teu braço,
Como na imagem tua, Jesus nos é mostrado.
Pois, teus filhos somos, precisamos teu regaço
P’ra que o mundo hodierno, por ti, seja abençoado.

(Fr. Albertino Rodrigues O.F.M.)

9 comentários:

Alda disse...

Querido pai, como ainda tenho tão presente o dia da tua grande viagem para junto de Deus.
Tantas saudades eu tenho de ti, meu pai.
S. José, rogai por nós.
Paz e Bem
Alda

Mª Teresa disse...

Frei Albertino,
Que figura tão distinta a de S. José! HÉLÀS !
Que BOM e SENSATO "re"publicar o poema... Afinal se ele foi concebido há luz de um dia 19 Março, certamente terá sido BRINDADO com a ARTE que Ele lhe ofereceu! Quero MUITO ACREDITAR ...
Assim seja,

Mãe Lena disse...

Que poema RICO... Obrigada Frei Albertino por partilhares connosco estes momentos de reflexão.

Bem Hajas!

lena disse...

No projecto eterno do Pai de instaurar todas as coisas em Cristo, andava o nome de Jesus.
S. José é para nós modelo de Fé. Tudo o que é grande na sua vida, acontece-lhe de noite, a horas obscuras e imprevistas. Na noite escura da fé toma decisões e vive compromissos. Da Fé lhe vem o silêncio, que o envolve, como nuvem sagrada. Tanta coisa a conferir no íntimo do seu coração! Perante a proclamação da Palavra, que via e escutava a toda a hora, só o silêncio convinha.

S. José é modelo de vida interior, modelo de contemplação. Homem «justo» lhe chama o Evangelho. Viveu em união íntima com Deus, que lhe entrou em casa e se faz comensal da sua vida. José é a presença viva, a encarnação amorosa do Pai, fazendo as suas vezes diante de Jesus. O máximo da contemplação dava-se na totalidade do Amor, que o unia a Jesus, seu filho e Senhor. O seu silêncio era guardador de mistérios, escuta de mensagens. Em Jesus e Maria encontrava S. José a divina «escritura», que os seus olhos liam e o seu coração guardava, Homem único, inefável. Maria chama-lhe esposo e Jesus chama-lhe pai!
Meu querido S. José roga por mim, por nós…

maresia disse...

Neste dia quero sentir essa bênção pela presença do meu pai, velho "lobo do mar", junto de Deus; quantas vezes eu já a senti, especialmente quando me encontro perante decisões importantes que tenho que tomar. Sim, junto de Deus ele é agora uma bênção e enquanto peregrinou nesta terra foi um reflexo da Paternidade Divina. Continuo a amá-lo e a prestar-lhe a minha homenagem concretizada num leme de bordo em madeira e talhado à mão e que está colocado em destaque aqui em casa.
Amigo Frei Deus abençoe a sua paternidade espiritual, junto de cada um de nós; que sigamos as suas sábias indicações do melhor Caminho a seguir, tal como Jesus indicou no Evangelho de hoje.
Parabéns pela novidade colocada nesta "janela" aberta para o Mundo.

migueeel disse...

Olá frei,
Gostomuito do seu fundo, mas s´«o lhe queria dizer que tem havido muita gente a dizer que o seu fundo tem muita coisa junta. Acho que cada pessoa é livre de fazer o que quiser, mas penso que devia saber deste problema.
Ass. Miguel, da escola de Vouzela. (Gostava muito que viesses à minha escola, e queria que fosse durante as aulas porque os professores iam gostar de te ver. Vem, por favor, por favor, por favoooor! Se puderes vir, responde no blog)

Katlyn disse...

i love this blog, it's absolutly awesome... and the wallpaper is wonderful too!

Albertino disse...

Olá MIGUEL, paz e bem.
Obrigado por teres deixado aqui uma mensagem. É bom saber que os amigos passam por aqui e partilham o que pensam.
Agradeço também a tua preocupação por causa do fundo ter muitas coisas. Sabes, eu sou uma amigo que nunca está satisfeito e por isso vou criando sempre fundos novos. Se tu estiveres atento vais ver que mudo muitas coisas quase todas as semanas.
E sim, tens razão, cada um é que sabe o que é melhor e o que mais gosta embora seja muito importante a opinião dos amigos.
Quanto a ir à tua escola... temos que pensar nessas coisas com calma porque ainda é longe e como sabes eu também dou aulas e quando vós estais em aulas os meus meninos aqui também estão. Mas nada é impossível. Vamos pensar com calma, está vem?
Olha, agora vou ver alguns trabalhos que os meus alunos me mandaram por e-mail. EStão aí as reuniões de avaliação e tenho que os classificar.
Abraço para todos os amigos da tua escola, para toda a comunidade educativa e de forma especial para ti.
Estuda muito para teres bons conhecimentos, ok?
Abraço do Frei.

Mª Teresa disse...

Frei Albertino,
Mais um saltinho de "minha cultura"... só hoje creio que aceitei perfeitamente TODA a GLÓRIA concedida por Deus a S. José! De facto neste dia assume-se prestar reverência a nossos pais, mas S José mereceo cuidado divino: sua gratidão ao aceitar como Filho tão só a obra do Espírito Santo...
Ofereces a imagem MAIS completa de tudo o que de BOM existe neste Mundo. Muita gratidão MERECES!!!!!!!!

AVISO LEGAL – Procurarei fazer, neste blog, uma utilização cautelosa de textos, imagens, sons e outros dados, respeitando os direitos autoriais dos mesmos. Sempre que a legislação exigir, ou reclamados os referidos direitos de autor, procurarei prontamente respeitá-los, corrigindo informação ou retirando os mesmos do blog

 
© 2009 | RETALHOS 2 | Por Templates para Você