Retalhos Bem-vindo! Retalhos Willkommen! Retalhos Bienvenido! Retalhos Bienvenue! Retalhos Benvenuti! Retalhos Welcome! Retalhos 歡迎! Retalhos Καλως ηλθατε! Retalhos Добро пожаловать! Retalhos!مرحبا Retalhos

PORTUGAL: BEM VINDO SANTO PADRE!

VÍDEOS: Para visualizar e ouvir os vídeos deverá dasativar a música de fundo no painel aqui do lado esquerdo

31 maio 2010

129 anos de Hospitalidade



Hoje as Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus celebram 129 anos de fundação.
Aqui fica uma partilha enviada por um Hospitaleira que pretende demonstrar a Vida, o Carisma e a acção destas Irmãs.
Da minha parte manifesto ás Irmãs, sobretudo da Clínica de S. José - em Lisboa - com quem tenho contactado mais, a minha gratidão pelo DOM DA VOCAÇÃO e pela Hospitalidade com que sempre fui acolhido.
Que S. José e S. Bento Meni vos abençoe.

"Quem são as Irmãs hospitaleiras do Sagrado coração de Jesus?
Nascemos a: 31 de Maio de 1881
em: Ciempozuelos - Madrid - Espanha
Fundadores:
♥ Bento Menni
♥ Maria Josefa Récio
♥ Maria Angústias Giménez

Carisma: (Ser o Bom Samaritano nos dias de hoje). A Hospitalidade é o Carisma da Congregação

Missão: Dedicamo-nos ao serviço dos doentes.

A congregação ao longo destes 129 anos de existência expandiu a sua acção Hospitaleira e hoje somos presença em:
♥ 4 Continentes
♥ 23 Países

ECLESIALIDADE DOS NOSSOS FUNDADORES

A missão encarnada pela pastoral da Igreja, não só traduz o projecto de Deus sobre o homem, como também conduz o homem pela fé até Deus. O cristianismo é uma fé de Encarnação.
A Igreja de Cristo, é ontologicamente Igreja de serviço (diaconia) e de comunhão (Koinonia). Comunga a realidade humana e iluminada pela Palavra do Evangelho, traduz em gestos e acções concretas o amor misericordioso de Jesus Cristo.
Na passagem do Juízo Final (Mat.25, 31-46), Mateus diz que o lugar concreto da resposta de fé e de amor a Deus, que se revelou em Cristo, o “Sitz in Leben” da Salvação, é a dedicação ao Irmão necessitado no espaço existencial da história. Esta é a missão da Igreja e de todo o cristão
É no âmbito desta eclesialidade que se revela diaconia e koinonia, que no Sèc. XIX mais concretamente em 1881, Bento Menni, (sacerdote) membro da Ordem de S. João de Deus, juntamente com duas senhoras granadinas, Maria Josefa Récio e Maria Angústias Giménez, funda em Espanha uma congregação feminina, as Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus.
No dia 25 de Junho de 1892 o Papa Leão XIII aprovou a Congregação como Instituto de direito Pontifício. A 16 de Março de 1908 o Papa Pio X aprovou definitivamente as Constituições.
Partilhando da missão sanitária da Igreja, missão de serviço e empatia profunda com os que sofrem, Bento Menni, e através dele, a Congregação, prolonga e viabiliza a missão de Jesus de Nazaré: “O Espírito do Senhor está sobre mim, porque me ungiu para anunciar a Boa Nova aos pobres, enviou-me a proclamar a libertação aos cativos, e aos cegos o recobrar da vista; a mandar em liberdade os oprimidos” /Lc.4, 18).
A louca resolução de Bento Menni ao fundar a Congregação, é sobretudo um compromisso com todos os homens através da Igreja, cujo objectivo é transformar o sofrimento numa experiência salvífica concreta, de crescimento e de esperança. Dar sentido ao sofrimento, comporta um compromisso radical, em vista à construção da Civilização do Amor. E nesta construção são indispensáveis tijolos quotidianos de bondade e ternura, serviço paciente, contínuo, abnegado e alegre (Cf. Const.5).
A vivência da Hospitalidade, como presença da Igreja no mundo do sofrimento parte duma fina sensibilidade evangélica, consequência da opção pelo homem que sofre, no seguimento de Cristo misericordioso: “O fim da Congregação é glorificar a Deus Pai, reproduzindo em nós mesmas os sentimentos do Coração do Filho pela acção do Espírito, continuando na Igreja e para o mundo a missão Salvífica de Jesus em favor dos doentes mentais e diminuídos psíquicos, de preferência pobres”. (Const.3)
Junto dos que sofrem, a Hospitaleira procura tornar presente a salvação de Deus, tal como Jesus que se inclinou sobre a humanidade sofredora, curando-a das suas enfermidades. Desde a sua fundação e ao longo de 129 anos a Congregação procura actualizar o programa Messiânico de Jesus que “passou fazendo o bem e curando a todos” (Act.10,38).
Carismático hospitaleiro, vocacionado para a grande aventura do serviço, Bento Menni vive em permanente atitude de envio eclesial desde o momento em que o Papa Pio IX, em nome da Igreja, o envia a Espanha, México e Portugal restaurar a Ordem de S. João de Deus até à fundação das Irmãs Hospitaleiras “empurrado” pelo sopro do Espírito.
Numa perspectiva adiantada redigida muito tempo mais tarde intuiu que “as alegrias e as esperanças, as tristezas e as angustias dos homens de hoje, sobretudo dos pobres e daqueles que sofrem são também as alegrias e as esperanças, as tristezas e as angústias dos discípulos de Cristo (…)” GS1
E nós hoje continuamos a acreditar que mesmo a pesar da nossa fragilidade das nossas limitações, cada dia ELE vai realizando prodígios de Amor e de Misericórdia em favor dos Seus pobres e fazendo que outros se associem a nós. Colaboradores directos, benfeitores, voluntários, etc… dando todas as mãos com um único objectivo: fazer do doente o CENTRO das nossas preocupações e atenções e ajudá-lo a descobrir a sua dignidade de pessoa humana, o seu lugar na sociedade e a sentir-se amado, acolhido, respeitado e a fazer parte desta grande FAMILIA HOSPITALEIRA.

Oração:
♥ Mãe do Coração de Jesus, que proteges e olhas benevolamente a Congregação, que és a primeira Hospitaleira, reveste-nos de sentimentos de misericórdia, de forma a podermos levar o Teu Amor Maternal à pessoa que sofre. Que aprendamos com a Tua atitude de firmeza e perseverança ao pé da Cruz a permanecer ao lado do doente, descobrindo as suas necessidades mesmo quando não formuladas.

♥ Mãe do Coração de Jesus, modelo da primeira comunidade, testemunha fiel da Comunidade Trinitária, ajuda-nos a edificar a nossa comunidade no amor da Trindade, para que vivamos com entusiasmo e audácia o projecto evangélico da hospitalidade. Amen!"
(Uma Hospitaleira)

6 comentários:

C Gomes disse...

As Irmãs Hospitaleiras comemoram hoje o “seu Nascimento”. Em verdade, não sois vós quem deve cantar e estar feliz mas sim nós, que temos a riqueza e a bênção de as ter ao nosso lado, de as ter na nossa vida.
Obrigada:
o por terem a coragem e persistência de continuar a existir e praticar o bem, ao longo destes 129 anos;
o por, com palavras e obras, testemunharem a Igreja de Cristo, actualizada aos tempos de hoje;
o por serem Cristo em acção, entre nós, em sociedade;
o por serem Evangelho vivo, com profunda e “fina sensibilidade evangélica”;
o enfim, por tudo o que são e representam, e por nos ajudarem em tantos momentos e situações menos boas.

Queridas Irmãs, precisamos muito que continueis a ser pérolas de Testemunho Divino, “tijolos quotidianos de bondade e ternura, serviço paciente, contínuo, abnegado e alegre”. É pedir-vos muito. É pedir tudo. Mas acredito que sois Dom de Deus para o mundo; exemplo de vidas em caminho para Deus.
Neste dia especial, uno-me a Vós, em oração de ALEGRIA E LOUVOR.

CGomes

Mª Teresa disse...

Família Retalhos (2), Irmã C.Gomes,
Tão grata (MESMO), pela Partilha inicial dos belos valores assegurados pelas Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus...depois, bom depois, ninguém fazia "luz" à minha frente... no meu espiríto amontoavam-se adjectivos que queriam "colorir" tão bela obra, mas não me atrevia a tomar a dianteira... Finalmente Irmã C. Gomes urdiu este texto lindo. Bom, agora só me resta dizer: AMEN !

Mª Teresa disse...

Bom dia Família Retalhos 2,
Estas Irmãs Hospiotaleiras do Sagrado Coração de Jesus, mereceram (Maio 2002) o prémio atribuido pela Fundação dos Direitos Humanos em Psiquiatria.
Cumpre destacar a atribuição de prémios de DOIS em DOIS anos; O 1º prémio coube no ano de 2000 ( Set)...
Fixe, bem fixe, quando se celebrava a atribuição deste prémio, completava-se 121 anos de Vida das Irmãs H S C Jesus, BONITA CAPICUA ! (Ai, que observação TÃO fora do contexto...)

mariana disse...

Parabéns ás Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus.
Louvado seja o Senhor pelo vosso trabalho.
Obrigada pela generosidade, alegria e amor para todos os que batem à vossa porta.
Continuai a lavar os pés aos discípulos, e a acolher o samaritano, que o Senhor Jesus vos recompensará... (a dobrar).
Bem Hajam pelo Dom da vossa Vocação!

Mª Teresa disse...

Corpo Clínico da Clínica Psiquiátrica de S. José,
Não há palavras para expressar meu ENORME reconhecimento pela excelente consulta que aí foi frestada ONTEM (24 Agosto 2010). Muito nebulado estava meu espírito antes de se iniciar consulta...
Que PROFISSIONAIS aí trabalham! Merecem MUITO o meu louvor!!!!!!!!!!
BEM HAJAM,

Mª Teresa disse...

Cumpre-me salientar os DOIS gratos e tão estimados acontecimentos que celebram nesta bonita data ... Certamente há uma distância cronológica que os separa (NOVE ANOS)! Mas Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus, merecem celebrar os 130 anos de TÃO grata e divina partilha com TANTA criatura que recorre a vossos cuidados, carinho e atenção...
Curioso, um ano volvido e nosso Irmão FA também merece uma chuva de bençãos... Mestre! Tão só Mestre, na Terra, cuidaram ser esta a justa categoria com que ornamentam seu nome... No Céu, há muito, demais Anjos o tratam só por...Albertino!

AVISO LEGAL – Procurarei fazer, neste blog, uma utilização cautelosa de textos, imagens, sons e outros dados, respeitando os direitos autoriais dos mesmos. Sempre que a legislação exigir, ou reclamados os referidos direitos de autor, procurarei prontamente respeitá-los, corrigindo informação ou retirando os mesmos do blog

 
© 2009 | RETALHOS 2 | Por Templates para Você