Retalhos Bem-vindo! Retalhos Willkommen! Retalhos Bienvenido! Retalhos Bienvenue! Retalhos Benvenuti! Retalhos Welcome! Retalhos 歡迎! Retalhos Καλως ηλθατε! Retalhos Добро пожаловать! Retalhos!مرحبا Retalhos

Senhor! Fazei-me instrumento da vossa paz!

VÍDEOS: Para visualizar e ouvir os vídeos deverá dasativar a música de fundo no painel aqui do lado esquerdo

12 junho 2010

Santo António de Lisboa

(Foto: Igreja/Casa (Santuário) onde nasceu Sto António em Lisboa)

Caríssimo Fr. Albertino.

Este é o meu pobrinho contributo para o nosso Blog, que tiveste a amabilidade de me sugerir. É saído dos intervalinhos do atendimento ao Santuário, onde me sinto feliz, embrulhado numa verdadeira multidão de amores de Santo António. Saudações aos nossos queridos bloguistas.


Santo António de Lisboa – Santo António do Mundo!


Lisboa veste-se de vida e festa.

Convida os transeuntes a celebrarem, em particular no dia 13 de Junho, a Festa de seu mais ilustre Filho e Padroeiro, Santo António.

Dando crédito, – nem temos razão em contrário – às legendas de origem portuguesa (Legenda dos Mártires Franciscanos de Marrocos), do século XIII, às de origem francesa (Liber miraculorum), e à paduana (Legenda Raymundina), de fins do século XIII, e ainda uma a tradição muito tardia, não confirmada, o nosso Santo nasceu na casa de seus pais, a poucos metros da Sé Patriarcal de Lisboa, a 15 de Agosto de 1195.

Dessa casa restam apenas uns escassos metros quadrados de superfície, situados por debaixo do altar-mor da actual Igreja-Santuário de Santo António de Lisboa, a que chamamos Cripta.

Os seus pais foram de estirpe de “nobres e poderosos”. O pai, Martinho Afonso, era cavaleiro. A Mãe, de nome Maria, era também de descendência nobre. Consta que teve uma irmã, também chamada Maria.No Baptismo, celebrado na Sé de Lisboa, recebeu o nome do seu tio-avô, cónego na Sé de Lisboa, chamado Fernando. Fernando de Bulhões é, pois, o nome que mantém até entrar na Ordem de S. Francisco. Como era norma naqueles tempos, a pessoa que se entregava a Deus numa Ordem Religiosa deixava o seu nome antigo e recebia um nome novo.

A Fernando foi dado o nome de António, o nome em que o mundo o vem a conhecer, amar e venerar profundamente. António é de Lisboa, de Pádua, de Brive, de Toulouse… De todo o mundo, como disse o Papa Leão XIII. Não precisou de visto para entrar em nenhum dos países do mundo dos viventes. O mundo é o seu País. Hoje, em qualquer Povo, de qualquer mundo, há sempre um cantinho para uma imagem do nosso Santo. E aí Ele recebe e abençoa os seus devotos.

O Santo do Povo.

É extraordinária, para não dizer um verdadeiro prodígio, a devoção universal do Povo a Santo António.

Em Lisboa, claro, é excepcional. As varandas, o interior das casas, os nichos, o peito dos devotos exibindo a sua medalha… Para tudo: Santo António!

Esta devoção assume formas extraordinárias, que até nos fazem pensar numa mistura de crendice, lenda, ingenuidade e verdadeira fé, rodeando a figura extraordinária do Homem e do Santo, que foi erudito pregador de Pádua, Arca das Escrituras (sabia de cor a Bíblia, sobretudo o Novo Testamento), Professor de Teologia em Bolonha e companheiro de São Francisco de Assis, proclamado “Doutor Evangélico” pelo Papa Pio XII, denominado “Martelo de hereges” e tantos outros atributos.

Mas esses títulos não Lhe interessarem. Prefere ser o santo do povo.

Já dele escrevia o P. António Vieira:
“se nos adoece o filho, Santo António
se nos foge o escravo, Santo António;
se mandais as encomendas, Santo António;
se esperais o retorno, Santo António;
se aguardais a sentença, se perdeis a menor miudeza da vossa casa, Santo António;
e talvez, se quereis os bens da alheia: Santo António!”

Diz a memória popular que Santo António fez florir um cravo dum manjerico. O cravo confundiu-se com açucena, cravinho, vermelho ou branco, e tudo serve para negócio de amores: No altar de Santo António
há um vaso de açucenas
Onde vão os namorados
Dar alívio às suas penas…

O Povo ama o que é simples. Na igreja ou em casa, ganhou valor quase mágico o Responso a Santo António, composto por S. Boaventura, para que, rezando-o com fé, as coisas perdidas se reencontrem:

Se milagres desejais, recorrei a Santo António,
Vereis fugir o demónio e as tentações infernais
Recupera-se o perdido, rompe-se a dura prisão
E no auge do furacão, cede o mar embravecido

Sabemos que Santo António é muito mais do que uma expressão e recurso popular. Ele é um verdadeiro embaixador da Palavra de Deus, pregada e vivida, homem de oração, de contemplação profunda, um génio de eloquência, um homem de relação com Deus, com os homens e o mundo. A sua lembrança é consolo dos aflitos, cura das dores do corpo e da alma, alegria e paz para a vida.

No local onde nasceu, agora Igreja-Santuário de Santo António, o povo simples, vindo de todos os cantos de Lisboa, de Portugal e do mundo, continua a passar e parar diante da sua imagem, como que a vê-lo, ouvi-lo e senti-lo bem fundo na sua vida.

Levam o “pãozinho de Santo António”, os cravos, as estampas… todos abençoados por Deus, pelas mãos dos seus irmãos sacerdotes que aqui servem.

E a festa do dia 13 será, como há muitas décadas, marcada pela multidão dos seus devotos em festa familiar em honra de seu amigo e protector, Santo António. Mesmo, sem deixar a componente diplomática, onde a Câmara Municipal de Lisboa marca forte em empenhada presença, a prestar homenagem ao Santo da Sua Cidade.

À honra de Cristo. Ámen!

Frei Armindo Carvalho O.F.M. (Ex. Reitor da Igreja/Casa de Santo António em Lisboa)

7 comentários:

mariana disse...

OBrigada Frei por ter publicado esta partilha do Frei Armindo. A história de Santo António, que nasceu nesta casa,hoje o santuário de St. António.
Sentimos a sua falta em Stº. António, Frei Armindo, hoje notou-se bem...!
Que St. António e S. Francisco interceda pela Ordem Franciscana, principalmente pela ordem primeira.
É a pessoa deste santo o seu exemplo, que somos chamados a imitar. Não tanto a sua tradição popular, mas o seu amor ao evangelho e aos irmãos.
St. António interceda por nós.

Mª Teresa disse...

Frei Armindo,
Que BELO texto COMPÔS!
Suspeito, muito irmão acordaria para tanto ENCANTO... seria tão só necessário que fossem "arquitectados" textos assim gentis. Devagarinho se conquistavam mais espíritos. Continuo (cada vez mais) a acreditar ser este o caminho mais recto... Não impôr nada, simplesmente transferir assim, feito Frei Armindo, MUITA dose de TANTO que vos encanta...a História nunca é esquecida, mas tudo está revestido pelo sopro de algum Anjo. Obrigada Frei Armindo, evidentemente: BEM HAJA!

maresia disse...

Sempre este espaço nos vai enriquecendo, com partilhas cheias de conteúdo.
Na verdade, Santo António faz parte da vida de cada um de nós, pois desde criança ouvimos os nossos pais e avós a recorrerem ao seu poder intercessor junto de Deus para ajudar em tantas situações. Deus seja louvado por nos enviar Mensageiros que O tornam presente no dia-a-dia.
Santo António, intercede junto de Deus, uma vez mais...te pedimos.

Mª Teresa disse...

FA,
Paz e Bem!
Fiquei MUITO FELIZ por assistir à alteração da imagem inicial do blog: em pleno Mês dos Santos Populares cuidou uma bela imagem da NOSSA LIsboa, e já vem chegando o São João...
do Porto...

Mª Teresa disse...

FA,
Paz e Bem!
... Sol e mar...lembrando FÉRIAS! BOM DESCANSO P A R A T O D O S!

Mª Teresa disse...

Obrigado Frei Armindo pela sua feliz partilha!
Foi o ponto de partilha para meu entusiasmo e busca do doce Santo António...
Descobri vários encantos, que aqui não me atrevo a desenvolver mas...ficam seus nomes: a "DISCRETIO" Antoniana;
a "alienatio mentis";
...
Pois, família Retalhos 2, garanto, TOTAL respeito por este Doutor da Igreja: Santo António!
Abraço de Paz e Bem!

Olhos de mel disse...

Obrigada por compartilhar um pouco da vida de Santo Antonio! Sou brasileira e fervorosa admiradora. Tenho enorme fé e carinho por esse Santo.

AVISO LEGAL – Procurarei fazer, neste blog, uma utilização cautelosa de textos, imagens, sons e outros dados, respeitando os direitos autoriais dos mesmos. Sempre que a legislação exigir, ou reclamados os referidos direitos de autor, procurarei prontamente respeitá-los, corrigindo informação ou retirando os mesmos do blog

 
© 2009 | RETALHOS 2 | Por Templates para Você