Retalhos Bem-vindo! Retalhos Willkommen! Retalhos Bienvenido! Retalhos Bienvenue! Retalhos Benvenuti! Retalhos Welcome! Retalhos 歡迎! Retalhos Καλως ηλθατε! Retalhos Добро пожаловать! Retalhos!مرحبا Retalhos

Senhor! Fazei-me instrumento da vossa paz!

VÍDEOS: Para visualizar e ouvir os vídeos deverá dasativar a música de fundo no painel aqui do lado esquerdo

11 agosto 2012

Clara de Assis: Oito Séculos


Celebramos a Solenidade de Santa Clara de Assis
"Louvado sejas, Senhor, por me haverdes criado..."
Assim exclamou Santa Clara dirigindo-se ao autor de todas as coisas, o Senhor por quem ela se apaixonou, o Deus de quem recebeu graça e bênção para levar a bom termo o rosto feminino da Vida e Vocação Franciscana.
Louvar é atitude de quem tudo confia ao Senhor e de quem tudo reconhece ser SEU...
Por isso de Clara nos fica o desafio de, vivendo no claustro, escutar verdadeiramente a voz de Deus e responder de acordo com o seu chamamento. A vida contemplativa jamais pode ser, na vocação franciscana, um enclausuramento puro e simples da pessoa humana, é outro sim olhar o claustro como o espaço da contemplação que me leva à acção. "O meu claustro é o mundo" dizia Francisco de Assis. E foi esta a vocação sentida por Clara há 8 séculos e que teimou seguir, contingências da sociedade e da Igreja que não permitia, ao tempo, que as virgens consagradas ao Senhor vivessem fora do ambiente do claustro fechado. Mas Clara, respeitando a sociedade e a Igreja de então, não deixou de querer identificar-se com o seu irmão Menor, Francisco, e seus primeiros companheiros. O claustro de Clara é o da dignidade da pessoa, do respeito pelo outro sobretudo os que mais precisam. As Damianitas, ou Senhoras Pobres de S. Damião, viviam da oração/contemplação e dela ganhavam forças para a acção junto dos mais necessitados que batiam à porta do conventinho a pedir ajuda "por amor de Deus". E se Francisco, com um tal pedido por amor, nunca o recusava, Clara segue-lhe as pisadas com fidelidade.
E para ela também o claustro era o mundo, quantas vezes ela e suas irmãs sairam do conventinho para pedir esmola junto dos irmãos e companheiros de Francisco.
As forças que lhe vinham da Oração, contemplação e acção levam-na a defender a Fé, mesmo doente confia tudo ao Senhor, leva-O solenemente em Custódia para que os Sarracenos que atacavam Assis e o Conventinho se pusessem em fuga, e rezam as crónicas que assim aconteceu.
Defender a Fé leva-a a defender também o verdadeiro DOM a que Deus a havia chamado, a ser DIFERENTE das vírgens consagradas do seu tempo. Ela não era mais uma, ela queria ser como Francisco, ela é Menor entre os Irmãos Menores, ela é Mulher, Mãe, Irmã e Mestra mas dentro da Menoridade e da fidelidade ao projecto testemunhado e vivido por Francisco. Viver em Igreja e ser Igreja, para ela, só fazia sentido se ela pudesse ser como os Irmãos Menores. É por isso que luta até ao leito da Irmã Morte corporal pela aprovação da Regra das Irmãs de S. Damião que ao longo dos séculos de Clara recebem o nome de Clarissas. E o Senhor Papa aprovou a Regra que, colada ao espírito da dos Irmãos Menores, pretendia ser a resposta clarividente do que Deus a chamava a ser.
Ao longo dos séculos muitas alterações se fizeram sentir na Ordem de Santa Clara, muitas Regras foram impostas às Irmãs mas o espírito da Fraternidade, da Oração e contemplação e da acção junto e em prol dos outros permanece viva e cada vez mais pertinente.
Neste dia em que celebramos Clara de Assis, uma homenagem a todas as Irmãs Clarissas de todo o mundo por manterem vivo, no claustro do mundo ou do mosteiro, esta chama tão clara que continuará a iluminar a sociedade e a Igreja.
Deixo o linck que vos levará à Carta que o Ministro Geral da Ordem Franciscana enviou a todas as Irmãs Clarissas por ocasião desta tão grande Solenidade.
Que Clara de Assis nos abençoe...

9 comentários:

Mª Teresa disse...

Família Retalhos 2,
Paz e Bem!
Santa Clara de Assis, quanto RESPEITO mereces!
Almejaste alcançar (há OITO séculos imagine-se!) a leitura da Vida e Vocação Franciscana, para nós, mulheres!...
Irmãs Clarissas, quanta virtude, atrevo-me a SUPLICAR a Jesus: " Continua atribuindo um espírito assim forte a "novas" Irmãs Clarissas." Logo mais, de viva voz, te vou pedir "directamente" essa benção...

mariana disse...

"Louvado sejais Senhor por me haverdes criado"!
Faço minhas as palavras der Sta. Clara, Santa da minha grande devoção, a quem trato com muita intimidade.

Clara de Assis sabia que amar era a sua vocação, um amor que abraçava a todos e não excluía ninguém.
Ela ensina-nos que a cura para a solidão era pôr o centro da vida em Deus que torna o amor possível, depois abraçar os outros esquecendo-se de si própria.
Santa Clara afirmava, ao dizer que apenas em Deus se encontra o bálsamo para a solidão. De qualquer maneira nunca foi apenas o Deus do alto dos Céus nem o Deus que se encontra na profundeza do coração humano que curou alguém da solidão. Foi também o Deus que se encontra no outro: Deus no pobre, no leproso, no solitário, no doente e no oprimido. Clara tentou ensinar às Senhoras Pobres esta verdade simples para que não viessem a entregar-se ao luxo de pensar apenas em si próprias e em Deus, fechando-se à enrega e à responsabilidade pelos outros.
Que Sta. Clara nos ensine o caminho da "claridade".
No mundo de hoje, não no clustro do convento, como dizia o Frei, mas no mundo que nos rodeia, e no outro que se faz próximo de mim. Onde houver um ser humano, existe um outro Cristo.

Mª Teresa disse...

Família Retalhos 2,
A Plantasinha de Assis soube VINGAR seus desígnios: MULHER, se distinguia de Francisco (S) não na VOCAÇÃO... mas pelo facto de também ter sabido respeitar as "contigências" da sociedade e da Igreja para com o sector feminino...
Sem desafiar nenhum dos dois(sociedade e Igreja), chegam a nossos dias BASTANTES testemunhos de tal valência !
Ontem (11 Agosto 2010) rezei por/com Irmãs Clarissas. Amem

Mª Teresa disse...

Caro Miguel,
Há distância de UM ANO venho agradecer-te o filme sugerido para 11 Agosto! Francisco e Clara. Bem hajas!

Mãe Lena disse...

Admiro-te Clara pelo teu querer, pela tua fidelidade, pela tua força.

Que a tua luz ilumine claramente o céu para quem tem a vocação e o Dom de seguir Deus, com todos os valores de Francisco, seja iluminado pela tua luz e viva encontrando o rio de Água viva, de Vida Abundante, onde toda a vida é mergulhada, transformada, vivificada, evangelizada e tornada evangelizadora.

Que os teus valores, os valores de Francisco sejam os valores de quem acredita e Vos segue para que, por onde passem, deixem o caminho coberto de flores, um mundo melhor onde o sorriso de uma criança, a construção e formação de um jovem valha por tudo o que a mão humana poderá algum dia tentar destruir.

Lovado sejas Senhor por teres colocado no nosso caminho um exemplo de Francisco de Assis, o nosso muito querido Frei Albertino, um exemplo a seguir não só na Ordem Franciscana, como nas nossas vidas e na dos nossos filhos.

Bem-Hajas meu Irmão.

Mª Teresa disse...

Paz e Bem Família Retalhos II,
Lá no Alto não se celebram datas...por certo! Mas nós cá na Terra, sempre depositamos braçadas de carinho quando nos apraz!
Santa Clara, é óbvio que te consagro atenção redobrada, mas ACREDITO PIAMENTE que, decorridos ALGUNS anos já encontraste mais Irmãs como Tu (ou não...) , que foram para Tua companhia (ou ainda estão à minha beira (Terra...)).
Sabes Clarinha (Stª!) me apraz TANTO, atrever-me a conhecer algumas...

mariana disse...

Neste sábado, 11, na memória litúrgica de Santa Clara de Assis, encerra-se oficialmente em Assis, na Itália, o oitavo centenário dedicado a esta luminosa figura. Oitocentos anos atrás, Clara fugia da casa de seu pai em direcção à Porciúncula para consagrar-se a Deus, seguindo os passos de São Francisco.

Para abraçar a todos, Clara acolhe o Senhor Jesus, como Maria, para levar Jesus - o amor que redime e salva – a todas as pessoas. Também hoje, o mundo procura um sentido para a sua existência, uma resposta às perguntas que de qualquer maneira, sempre nos atormentam. As circunstâncias pessoais e sociais nos interrogam; mais cedo ou mais tarde encontramos a dor.
Olhando para Santa Clara, encontrando-a nos mosteiros, nas Clarissas, podemos imaginar um caminho para o céu, descobrimos aquele amor que desde sempre procuramos e para o qual nascemos.
Sta. Clara rogai por nós e intercede pelas dificuldades da minha vida!

Mª Teresa disse...

Com meu sempre modesto comentário ouso urdir forças na importante Celebração realizada por Dom JMs...
Santa Clara, TRÊS dias antes de sua morte, encomendou a sua alma a Deus, dizendo: "Vá em Paz, porque tens boa escolta, pois quem te criou, infundiu-te o Espírito Santo."
Pele (minha), justo agora se "manifestou"...
Merecem agradecimento Papa Alexandre IV, e para mim, Dom J Ms... mas isso, creio que já o mereceram saber, Dom J Ms, e ...restantes Crismandos.
Bem hajam, Família Retalhos II...
A vós dirijo também meu agradecimento, volvidos um pedaço valente dessa roda sofrega de Tempo. Todos vós, Família Retalhos bem o têm forjado, BEM HAJAM!

maresia disse...

Obrigada meu Senhor e meu Deus, por presenteares a Humanidade, com Clara de Assis.
Fortalecei Senhor, aquelas que hoje lhe seguem o exemplo.
Caminhemos rumo a bom porto, tendo em Francisco e Clara de Assis, verdadeiros faróis, que apontam caminhos novos, pelo seu exemplo de vida.
Paz e Bem, para toda a família Retalhos

AVISO LEGAL – Procurarei fazer, neste blog, uma utilização cautelosa de textos, imagens, sons e outros dados, respeitando os direitos autoriais dos mesmos. Sempre que a legislação exigir, ou reclamados os referidos direitos de autor, procurarei prontamente respeitá-los, corrigindo informação ou retirando os mesmos do blog

 
© 2009 | RETALHOS 2 | Por Templates para Você