Retalhos Bem-vindo! Retalhos Willkommen! Retalhos Bienvenido! Retalhos Bienvenue! Retalhos Benvenuti! Retalhos Welcome! Retalhos 歡迎! Retalhos Καλως ηλθατε! Retalhos Добро пожаловать! Retalhos!مرحبا Retalhos

Senhor! Fazei-me instrumento da vossa paz!

VÍDEOS: Para visualizar e ouvir os vídeos deverá dasativar a música de fundo no painel aqui do lado esquerdo

31 maio 2011

Mestrado... Alegrai-vos comigo!


“Alegrai-vos comigo…”.
Assim concluem a maior parte das parábolas de Jesus, narradas por Lucas, ou o sentido de cada parábola é o de levar sempre à alegria pela acção e misericórdia divinas.
O convite a alegrar-se com alguém implica sempre um motivo plausível para que, de dentro de nós mesmos, surja o desejo da partilha fraterna por conquistas alcançadas e que, no sentido humano e cristão, não podem, não devem fazer parte apenas do foro íntimo e pessoal. As conquistas que geram alegria fazem-nos estravasar os sentimentos e pedir aos familiares, amigos e vizinhos que se alegrem com a nossa alegria e que, aqui no caso, louvem o Senhor que tantos benefícios faz em nós.
Serve tudo isto para partilhar com os Amigos, vós que aqui sois família, pelo trabalho que tenho vindo a realizar nos últimos anos e que, ontem na Universidade Católica Portuguesa, foi apresentado e defendido: Tese de Mestrado em Teologia sob o tema: “O Escutismo e a transmissão da Fé”. Neste estudo e trabalho ontem apresentado se procurou mostrar como a pedagogia deixada há um século por Baden-Powell, fundador do Escutismo, foi e continua a ser importante e pertinente nos caminhos que levam o Homem a Deus pela adesão livre da Fé, seja ela cristã ou outra.
Assim, depois de apresentar a mesma e do Júri, composto por três ilustres Professores da Faculdade de Teologia de Lisboa e Porto, ter feito as considerações próprias do rigor e de algumas falhas mais ao nível metodológico – errar é humano e também falho – e ter depois colocado algumas questões às quais procurei responder de forma clara, tanto pelo estudo realizado e ali apresentado, tanto mais pela experiência de muitos anos como Dirigente e Assistente do Corpo Nacional de Escutas (Escutismo Católico Português), foi aprovada a minha tese e obtido o grau de Mestre em Teologia com a classificação de quinze valores.
Por opção própria não quis dizer a muita gente, apenas meia dúzia de Amigos, aos pais e aos manos e a meia dúzia de confrades. Comigo, na sala, tive a companhia do meu Superior e Amigo P. Jorge Marques a quem desde já reafirmo a minha gratidão.
Aos Amigos que desejaram estar presentes pedi que o não fizessem, sentir-me-ia melhor assim e tinha a certeza de que na oração os sentia muito, mas mesmo muito presentes e também a eles a minha gratidão.
Hoje, ao visitar os pais – coisa que não pude fazer ontem – a mãe sorria com o seu olhar lindo esperando que eu lhe fosse dar um beijinho porque sabia que mais importante era para mim o seu beijinho. O pai… deitado sorria de forma linda e dizia com dificuldade “doutor, doutor”. Perguntei sorrindo o que estava a dizer e ele sorriu mais ainda e balbuciou “tu, doutor”… e, dando-lhes um beijinho grande, explicar de forma simples que exâme tinha sido este, como correu e o que significa na vida de alguém. Felizes muito os senti… orgulham-se de mim? EU ORGULHO-ME MUITO DOS PAIS QUE DEUS ME DEU!
Podia falar também das expressões dos manos, dos sobrinhos, dos amigos… fico pelos pais e bem entendereis que é aceitável que assim seja.
SER MESTRE…
É acima de tudo nunca, jamais esquecer o ponto de partida da experiência da Vida, as nossas origens, as nossas raízes, a nossa gente… e a minha é humilde, de família e de gente, mas uma humildade que sempre me orgulhou e continua a orgulhar.
É não esquecer que tantos foram, desde o berço materno, aqueles que nos ajudaram e continuam a ajudar a crescer em todos os aspectos da nossa vida, humanos e espirituais, que nos permitem falar das questões da fé mais com o que vivemos que com o que lemos ou estudamos. Uma coisa completa a outra mas quando o estudo realça de forma mais clara a vivência da fé, sem dúvida que é aí que se pode mostrar as grandes maestrias da vida e os mestres e mestras que ela tem… e EU TIVE E TENHO MUITOS MESTRES NO CAMINHO…
É recordar a palavra de Cristo, o GRANDE MESTRE: “Quanto a vós, não vos deixeis tratar por ‘mestres’, pois um só é o vosso Mestre, e vós sois todos irmãos. E, na terra, a ninguém chameis ‘Pai’, porque um só é o vosso ‘Pai’: aquele que está no Céu. Nem permitais que vos tratem por ‘doutores’, porque um só é o vosso ‘Doutor’: Cristo. O maior de entre vós será o vosso servo. Quem se exaltar será humilhado e quem se humilhar será exaltado(Mt 23, 8-13).
Nem sempre as coisas parecem fáceis na nossa vida, nem sempre sentimos que estamos a fazer as melhores opções ou que os outros nos dão o devido valor. E isso por vezes faz-nos sofrer e fechar em nós mesmos, qual criança que quer voltar ao ventre materno onde se sente em segurança. Mas a palavra de Cristo presente, em Mt 23, muitas vezes me vinha à mente. Não se trata de ser Mestre, Doutor… trata-se de confiar em Cristo, na Sua presença e na ajuda que sempre nos dá quando os objectivos são os melhores, mesmo que pareça que remamos contra a corrente. Razão tem a sabedoria popular quando afirma que “Deus tarda mas não falta”…
Recordo uma vez mais o conselho do grande Mestre: “Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração e encontrareis descanso para o vosso espírito” (Mt 11, 29).
Aprender de Jesus e com Jesus é a melhor pedagogia da vida e isso o deixou muito claro Baden-Powell. Cristo é o caminho que conduz ao Pai e que nos envia o Espírito da verdade para nos assistir em cada momento da nossa vida. Aprender de Cristo é ter a esperança que os trilhos e pistas do nosso caminhar nos levam ao louvor ao Criador e que connosco muitos caminharão nesta mesma senda de aderir à mensagem da Boa Nova na intimidade de quem crê e testemunha o seu crer: DEUS.
Neste sentido, um mestre nesta terra não pode esquecer que “não está o discípulo acima do mestre, mas o discípulo bem formado será como o mestre” (Lc 6, 40). Aqui notemos que “mestre” está em minúscula e que, desta forma, podemos todos ser como aqueles e aquelas que nos ensinam a sabedoria da vida, da experiencia relacional, dos valores humanos e espirituais, das capacidades cognitivas que levam a graus académicos.
E é assim que eu sinto cá dentro a enorme gratidão por tanto que tenho aprendido com tantos mestres que Deus se dignou colocar no meu caminho.
Quero terminar com um texto que me é muito querido e que, por isso mesmo, foi o texto escolhido há doze anos para Evangelho da minha Missa Nova na minha terra natal: “Depois de (Cristo) lhes ter lavado os pés e de ter posto o manto, voltou a sentar-se à mesa e disse-lhes: «Compreendeis o que vos fiz? Vós chamais-me ‘o Mestre’ e ‘o Senhor’, e dizeis bem, porque o sou. Ora, se Eu, o Senhor e o Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns aos outros” (Jo 13, 2-14).
Lembro como se fosse hoje, os motivos pelos quais o escolhi, das palavras que referi então e que sempre pautaram a minha existência. Servir humildemente tendo sempre presente o que me parece ser o sentir da missão de Cristo. Ele é o Mestre dos mestres e não existe melhor pedagogia para a Vida que a pedagogia do Mestre. Só Cristo pode continuar a indicar o caminho a seguir, na oração da intimidade com ele, na relação amiga com os outros que, como dizia S. Francisco são os irmãos que Deus nos deu, na procura constante de não perder a esperança de um amanhã diferente, mais justo e fraterno, no serviço e ajuda humilde diante de quantos nos pedem o seu apoio, no testemunho daquilo em que acreditamos e d’Aquele a quem seguimos a quantos perguntam as razões da fé.
Escrevo nesta hora sem rascunhos, aliás não costumo fazê-lo, apenas com a reflexão que tenho feito desde ontem pela gratidão que sinto para com Deus e para com todos.
Uma palavra especial para quem me ajudou a encontrar documentação, que ajudou a traduzir documentos, a corrigir texto, a quem pela persistência de perguntar “como está a tese” não deixou desistir, ao jurí que classificou, a quem deu o seu conselho amigo no sentido de ajudar elaborar um estudo e trabalho que fosse acima de tudo uma perpectiva nova, ou pelo menos diferente, sobre os caminhos que conduzem à fé a partir do maior movimento educacional que há no mundo: o Escutismo. OBRIGADO!
Alegrai-vos comigo porque uma etapa vencida é motivo para a partilha e a alegria.
Diz o primeiro princípio da Lei do Escuta que: “O Escuta orgulha-se da sua fé e por ela orienta toda a sua vida”.
Como escuteiro e cristão, e pela graça de Deus menor entre os Menores (Franciscanos) e chamado ao Sacerdócio, neste dia da Visitação da Virgem Santa Maria à sua prima Santa Isabel, peço a Deus que me ajude a levar a bom termo a Sua vontade na alegria do serviço.
Bem-hajam pela presença amiga e oração.
Frei Albertino Rodrigues OFM


19 comentários:

Mª Teresa disse...

QUE TREMENDA FELICIDADE! O digo, consciente desta teia LINDA que nos envolve: a FÉ!
Ainda "coso" fundo estas palavras: "Ser Mestre", ser "Professor"...
Mas será sempre muito catita observar que, na Terra, se distinguem assim os mais doutos...
Lindo poder assistir a Beatificação de criaturas feitas nós, humanas! Clategoria: a Fé tem crescido em mim, mas continuo bem VIDRADA nesta SUA (categoria: Mestre)terrena atribuição . Bem hajam! A si e seus ternos pais, que mereceram todo o resvalar de suas palavras! GRATA!

c.gomes disse...

Digníssimo “Mestre”:

O coração diz-me que basta um sorriso acompanhado dum olhar expressivo de alegria e as palavras não são mais necessárias. É o que sinto, Mestre! O resto, digo-o à MÃE que sempre o acompanhou e lhe deu força para não desanimar. Que ELA continue a proteger a sua mestria e presença no meio de nós, ensinando-nos cada passo da “Escola da Vida”, a caminho para a perfeição.
C.Gomes

ceci disse...

"Ama-se a vitória difícil, porque a derrota lhe preenchia quase todo o espaço possível. E foi com o que restava que se venceu em todo ele."
Vergílio Ferreira

Filipa Albuquerque disse...

Parabéns Mestre e Dirigente!
Muitas terão sido as dificuldades, os contratempos, as angústias, a vontade de desistir, entre muitos outros sentimentos contraditórios. No entanto, chegou a hora de terminares este etapa.
Tal como tu, também caminho para este "degrau". É mais um passo importante que damos, que nos enriquece e com isso realizamos o nosso sonho/desejo.
Ter um "título" destes é como um louvor, algo que dá vontade de dizer cada vez que nos apresentamos a alguém mas, tal como referis-te "Vós chamais-me ‘o Mestre’ e ‘o Senhor’, e dizeis bem, porque o sou. Ora, se Eu, o Senhor e o Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns aos outros” (Jo 13, 2-14).
Acredito que a tua humildade se manterá.
Deixa-me fazer só um simples reparo: que bom que é puder conciliar coisas que tanto gostas e que marcaram e marcam a tua vida: o Ideal de BP e a Fé em Cristo.

Mais uma vez te felicito e contigo estou Sempre Alerta para Servir.

Canhota fraterna
Pantera Teimosa

quina disse...

PARABÉNS FREI
Eu estou muito FELIZ E certamente toda a FAMílIA RETALHOS.
Sim MESTRE,pelo esforço pelo longo trabalho exigido, pela dedicação.

Conseguir tanto na sua simplicidade e humildade, impressiona-me.

È na VERDADE como se refere ao EVANGELHO de S.MATEUS nos ditos versiculos

Direi mesmo toda a FAMÍLIA RETALHOS está em FESTA porque também nós nos orgulhamos de SI pelo seu exito, pela AMIZADE que nos une á tantos anos.

LOUVEMOS o SENHOR para que derrame as suas GRAÇAS sobre a sua VIDA,sempre ao jeito de S.FRANCISCO .

maresia disse...

Parabéns Amigo!
Deus abençoe a todos quantos o ajudaram. Ao ler o texto lembrei-me muito da alegria dos meus pais, quando concluí o meu curso,(lágrimas de alegria rolaram pela face do meu pai, que faleceu poucos meses depois).
Honrou as suas raízes, com o atingir desta meta; alegrou-nos a todos nós, com esta preciosa partilha.
Francisco de Assis estará certamente muito feliz também.
Deus seja louvado e bendito.

Mª Teresa disse...

Partilho a alegria que experimentei na "piscina" ...
Tinha exercício explicado para cumprir ... quando cheguei fora de pé Professor me diz: "Bom, fora de pé e´bastante díficil! Interrompo aqui exercício, correcto?"
"- Claro que NÃO, HOMESSA!!!!!!!!!"
E realizei-o... (a dificuldade experimentada tinha MUITO a ver com minha pessoa!)
"Bravo GOSTA de vencer DIFICULDADES!"
Certo, só conto aqui o "encanto" que me mereceu ouvir aquelas palavras... CERTAMENTE este desenlace de Mestrado merecia um encanto assim ...MUITO MUITO REPETIDO!

Mãe Lena disse...

HABEMUS MESTRE!
Estou muito feliz! Mais uma etapa superada na tua vida!

Só não vê quem não quer, só não sente quem não tem coração, mas está à vista de todos! VIVA!!

“O Escutismo e a transmissão da Fé” – Um tema muito interessante sem dúvida, onde deves te sentir à vontade devido ao teu percurso de vida:
DIRIGENTE E ASSISTENTE DOS ESCUTEIROS com honras e medalhas
ANIMADOR ESPIRITUAL de tantos jovens (ainda me lembro do altar da Igreja do Seminário da Luz estar cheio de jovens por não cabermos na sala do CEF)
FRADE como exemplo de S. Francisco de Assis
PADRE cativando quem ouve as tuas celebrações
PROFESSOR que ensina e semeia Cristo por tantas crianças e jovens que querem continuar a aprender contigo
MESTRE em Teologia...

Ao longo da tua vida tens sido um mestre para a vida de todos nós, não só no caminho da Fé, mas também no caminho da Amizade, da Família, dos nossos filhos.

Muitos PARABÉNS, um orgulho para os teus Pais e para todos nós na Família Retalhos, continua sempre fiel a ti mesmo.

Agradeço ao Senhor, agradeço à Mãe... Que continuem a iluminar o teu caminho de Paz e Bem.

Francisco Freitas disse...

Parabéns Frei, estou muito contente por ser Mestre, valeu a pena todo o seu esforço. Conto aprender muito consigo.
Um abraço do
Francisco Freitas

Anónimo disse...

"É graça divina começar bem. Graça maior persistir na caminhada certa. Mas graça das graças é não desistir nunca”. Dom Hélder Câmara

E com esta frase, resta-me dizer-te que esperava o teu sucesso com a mesma tranquilidade com que, um dia, alguém te disse para ires em frente...
Alguém que nunca desistiu de ti...
Alguém que sempre tentou "empurrar" a tua canoa ...
Hoje estará feliz porque o conseguiste!
Com toda a certeza abençoou e tal como B.P. espera de ti que "Deixes este Mundo um pouquinho melhor do que encontraste"!

Não importa quanto tempo levaste... importa que chegaste!

Parabéns Sr. Dr.!
Parabéns "Anjo" na Vida de tantos!
Parabéns Albertino!

um anjo

Alda disse...

Eu não estou contente, eu
estou "SUPER FELIZ".
Comentando com minha mãe o sucedido, ela respondeu-me: pois é minha filha, aí está o resultado de quem se esforça e trabalha, e olha não te esqueças de dár um grande abraço ao Frei e que continuarei a pedir à MÃE do céu que o proteja e abençõe.
FELICIDADES MEU FREI E MESTRE.
Um grande abraço bem sentido de Paz e Bem
Alda

mariana disse...

Frei :
Quero consigo Louvar o Senhor por este acontecimento na sua vida. Grande, à imagem de Francisco, e muito maior aos olhos de Deus. Acredito que outros desafios importantes, na sua vida virão.....

Por mais árdua que seja a luta, por mais distante que um ideal se apresente, por mais difícil que seja a caminhada, existe sempre uma maneira de vencer: A Nossa Fé.
Abraço de Parabéns Para si "Mestre" e para os pais.

Anónimo disse...

Muitos Parabéns Frei!
Que boa notícia, deixou-me muito orgulhosa do meu Professor e Amigo, que me ensinou coisas muito importantes na vida e com o qual espero aprender algo mais.
Fico muito feliz por si, por saber que mais uma vez com o seu trabalho, empenho e com FÉ conseguiu sorrir e truiunfar na vida!

Bjs
Ana do Carmo 8ºC

Miguel Marques disse...

Parabéns Frei por já seres mestre!

Quando soube da notícia fiquei muito feliz!!!!

Mais uma vez parabéns!

Xana disse...

Exmo. e Digníssimo «Mestre»:
Muitos PARABÉNS! Após tanto sofrimento, valeu a pena, todo o seu esforço, a sua luta, a sua persistência… A seguir à Cruz, vem a Vitória…Ei-la! A MÂE que permaneceu sempre junto à Cruz… não podia abandonar o filho que tanto ama… protege, ampara, acolhe e envolve com o Seu manto de terna MÃE…
Graças SENHOR, por esta GRAÇA DIVINA de nunca desistir e de chegar ao fim. MAE! E FILHO! OBRIGADO POR TANTO!!! OBRIGADO por este VOSSO filho e nosso Irmão, que é DOM para tanta gente.
XANA

Anónimo disse...

Ao meu amigo de tantos anos, que mais que uma vez estives-te comigo quando eu mais precisa.
Te digo tenho orgulho em ti e do que fazes.

Parabens amigo e mestre.

Anónimo disse...

Amigo,
Quando recebi a sua mensagem senti uma enorme alegria e quis desde logo partilhá-la com a família. É claro que ficamos todos muito contentes e orgulhosos de sermos seus amigos.
Ao ler o seu texto nesta página, ainda mais feliz fiquei por ter partilhado a sua alegria com todos nós que o acompanhamos mais á distância.
O que escreveu sobre os seus pais e a forma como os descreve, é de arrepiar e até fazer chorar, confesso que fiquei algo emocionado e com uma vontade enorme de abraçar o meu pai que hoje completa mais um aniversário.
Obrigado por partilhar tal descrição de intimidade.
Um abraço, dos seus amigos,
Carlos, Isabel e Afonso...

Anónimo disse...

frei, muitos parabéns,por mais uma vez ter conseguido! mais uma vez provou que com trabalho e esforço conseguiu cumprir e alcançar as suas metas!
obrigado por continuar a ser um professor e exemplo para mim e tantas outras pessoas...
bjs
Matilde Ferreira

Anónimo disse...

Amigo,

http://www.youtube.com/watch?v=4J3-W-vqJXA&feature=related

Aquele Abraço

PM

AVISO LEGAL – Procurarei fazer, neste blog, uma utilização cautelosa de textos, imagens, sons e outros dados, respeitando os direitos autoriais dos mesmos. Sempre que a legislação exigir, ou reclamados os referidos direitos de autor, procurarei prontamente respeitá-los, corrigindo informação ou retirando os mesmos do blog

 
© 2009 | RETALHOS 2 | Por Templates para Você