Retalhos Bem-vindo! Retalhos Willkommen! Retalhos Bienvenido! Retalhos Bienvenue! Retalhos Benvenuti! Retalhos Welcome! Retalhos 歡迎! Retalhos Καλως ηλθατε! Retalhos Добро пожаловать! Retalhos!مرحبا Retalhos

PORTUGAL: BEM VINDO SANTO PADRE!

VÍDEOS: Para visualizar e ouvir os vídeos deverá dasativar a música de fundo no painel aqui do lado esquerdo

01 maio 2013

S. José Operário


A devoção  a São José na Igreja Católica é antiquíssima. A Igreja do Oriente celebra-lhe a festa desde o século nono, tendo os Carmelitas introduzido tal festa na Igreja ocidental. Os Franciscanos em 1399 já festejavam a comemoração do santo Patriarca. Xisto IV inseriu-a no breviário e no missal; Gregório XV generalizou-a em toda a Igreja. Clemente XI compôs o ofício com os hinos para o dia 19 de março e colocou as missões da China sob a proteção de São José. Pio IX introduziu, em 1847, a festa do Patrocínio de São José e, em 1871 declarou-o PADROEIRO DA IGREJA CATÓLICA; Leão XIII e Benedito XV recomendaram aos fiéis a devoção a São José, de um modo particular, chegando este último Papa a inserir no missal um prefácio próprio.
Nada sabemos a respeito  da infância de São José, tampouco da vida que levou, até o casamento com Maria Santíssima. Os santos Evangelhos não nos dizem cousa alguma a respeito; limitam-se apenas a afirmar que  José era justo, o que  quer dizer: José era cumpridor da lei, homem santo.
Que a virtude e santidade de São José foram extraordinárias, vemos pela grande missão que Deus lhe confiou. Segundo a Doutrina de São Tomás de Aquino, Deus confere as graças e privilégios à medida da dignidade e da elevação do estado, a que destina o indivíduo. Pode imaginar-se dignidade maior que a de S. José que, pelos desígnios de Deus, devia ser esposo de Maria Santíssima e pai nutrício de seu divino Filho?  Maria Santíssima, consentindo no enlace com o santo descendente de David, não podia ter outra cousa em mira, senão uma garantia para o futuro, uma defesa de sua virtude e uma satisfação perante a sociedade, visto que no Antigo Testamento não era conhecida, e muito menos considerada, a vida celibatária. Celebrando o contrato, Maria Santíssima certamente o fez com  a garantia absoluta da pureza virginal, que por inspiração divina votara a Deus.  Ao realizar-se a grandiosa obra da Encarnação do Verbo , o Arcanjo Gabriel comunicou-se o grande mistério, que nela se havia de realizar e, após pronunciar o "fiat", consentindo sua maternidade operada pelo Espírito Santo, deixou São José em completa ignorância. Com esse consentimento, dirigiu-se à casa de Isabel, onde se demorou três meses e, de volta para casa, seu estado causou no espírito se São José as mais graves preocupações e cruéis  dúvidas. A virtude e a santidade da esposa estavam acima de qualquer  suspeita, não lhe permitindo explicação menos favorável. Nesta perplexidade invencível, resolveu abandonar a esposa e, quando tudo já estivesse providenciado para a partida, um Anjo do Senhor lhe aparece em sonhos e lhe diz: : "José, filho de Davi, não temas admitir Maria, tua Esposa, porque o que nela se operou é obra do Espírito Santo". Foram assim de vez dissipadas as negras nuvens do espírito de José. Com quanto respeito, com quanta atenção não teria tratado aquela, que pela fé sabia ser o tabernáculo vivo do Messias.
 Ignora-se quando São José  morreu. Há razões que fazem supor que o desenlace se  tenha dado antes da vida pública de Jesus  Cristo. Certamente não se achava mais vivo quando seu Filho morreu na cruz; do contrário não se explicaria porque Jesus recomendou a Mãe a São João Evangelista, não tendo por isto razão, se estivesse vivo São José.
Que morte santa terá tido o pai nutrício de Jesus! Que felicidade morrer nos braços do próprio Jesus Cristo, tendo à cabeceira a Mãe de Deus! Mortal algum teve igual ventura. A Igreja com muita razão invoca São José como padroeiro dos moribundos e os cristãos se  lhe dirigem com confiança, para alcançar a graça de uma boa morte.
Não existem relíquias de S. José, tampouco sabe-se algo do lugar onde foi sepultado. Homens ilustrados e versados nas ciências teológicas houve e há  que defendem a opinião que S. José, em atenção a sua alta posição e grande santidade, foi, como São João Batista, santificado antes do nascimento e já gozava de corpo e alma da glória de Deus no céu, em companhia de Jesus, seu Filho e Maria, sua Santíssima esposa. 
Grande deve ser a nossa confiança na intercessão de S. José. Não há pessoa, não há classe que não possa, que não deva se lhe dirigir. Santa Teresa, a grande propagandista da devoção a São José, chegou a dizer: "Não me lembro de ter-me dirigido a São José, sem que tivesse obtido tudo que pedira". 

(in, www.paginaoriente.com)

5 comentários:

Mª Teresa disse...

Família Retalhos 2,
Paz e Bem!
Reporta-se à Idade Média, concretamente a 1582, a "santificação" e comemoração à escala mundial deste dia de São José Operário.
Foi/é/será SEMPRE uma louvável síntese da união de classes que (sempre deverá...) existir numa sociedade cristã!
O Trabalho é obra de Deus. Ele (trabalho) precede a existência do pecado. Só depois do Homem experimentar a preguiça e o relaxamento é que o "trabalho" merece o epíteto de "penitência", "dificuldade".
(Que alegria experimentou esta Mª Teresa, quando investiguei origem deste verbo: ele é (o trabalho) algo NOBRE E DIGNO - bom, assumindo que ele é honesto (e ...encaminha para Deus, nosso pensar)
Por fim atente-se nas lindas palavras proferidas pelo beato João Paulo II: "... Graças ao seu banco de trabalho (de São José), junto do qual exercitava o próprio ofício juntamente com Jesus, José aproximou o trabalho humano do mistério da Redenção."
Ai, Jesus, como Ele (Beato JP II) está CERTAMENTE participando com alegria na Festa Celeste que também consagras...Ámen!

Mãe Lena disse...

"A virtude e a santidade da esposa estavam acima de qualquer suspeita, não lhe permitindo explicação menos favorável. Nesta perplexidade invencível, resolveu abandonar a esposa..."

Quantos de nós abandonamos algo ou alguém quando temos a certeza que estamos corretos?

Quantos de nós recusamos ouvir qualquer explicação, porque temos a certeza?

E em que momento é que colocamos em dúvida as nossas certezas?

Serão mesmo certezas?

Valerá a pena parar e escutar o que o outro tem para nos dizer?

Penso que sim, sempre, mesmo com todas as nossas certezas, escutar e refletir faz-nos uns seres mais humanos.

mariana disse...

Glorioso São José, modelo de todos os que se dedicam ao trabalho, concede-nos a graça de trabalharmos com honestidade e alegria, ajudando-nos a desenvolver pelo trabalho os dons recebidos de Deus; de trabalharmos com ordem, paz, moderação e paciência, sem nunca recuarmos perante o cansaço e as dificuldades. Que tudo seja para a maior glória de Deus.
São José, rogai por nós!

Já temos o lindo painel como referência à Mãe MARIA. Obrigada

Mãe Lena disse...

"mariana" tem razão. Já temos o lindo painel, mais um lindo painel.

Obrigada Frei pela dedicação e o cuidado que tem por nós.

maresia disse...

Meu Senhor meu Deus e meu Tudo!
Que Te dizer, meu Pai, depois de mais uma etapa vencida, na minha vida, sem um final feliz, à luz da visão humana...
Foi uma Quaresma prolongada e de agonia que, aos olhos da Fé culminou na Páscoa.
Por esse motivo o meu luto é feito de branco e não de negro, como habitualmente.
Confio em Ti Senhor, que conduzes a minha vida e a vida dos meus que Te entrego. Obrigada pelos Amigos que me deste e foram presença Amiga e orante desde a primeira hora e deste modo suavizaram a dor. Fica connosco Senhor.
Abençoa este espaço RETALHOS que foi e é sempre janela aberta à Esperança na Ressurreição; porta que conduz a um novo caminho, depois de virar uma página na minha vida “ e voltar a reaprender a viver...”, como dizia uma amiga.
Eis que aqui venho agradecer e retomar a partilha escrita, o meu pequeno Retalho...neste cantinho do céu que nos é tão querido.
À semelhança de S. José, vamos caminhando próximo de Jesus, tentando descobrir o que Deus nos pede em cada instante da nossa vida.
Ao jeito de Francisco de Assis
PAZ E BEM para todos

AVISO LEGAL – Procurarei fazer, neste blog, uma utilização cautelosa de textos, imagens, sons e outros dados, respeitando os direitos autoriais dos mesmos. Sempre que a legislação exigir, ou reclamados os referidos direitos de autor, procurarei prontamente respeitá-los, corrigindo informação ou retirando os mesmos do blog

 
© 2009 | RETALHOS 2 | Por Templates para Você