Retalhos Bem-vindo! Retalhos Willkommen! Retalhos Bienvenido! Retalhos Bienvenue! Retalhos Benvenuti! Retalhos Welcome! Retalhos 歡迎! Retalhos Καλως ηλθατε! Retalhos Добро пожаловать! Retalhos!مرحبا Retalhos

PORTUGAL: BEM VINDO SANTO PADRE!

VÍDEOS: Para visualizar e ouvir os vídeos deverá dasativar a música de fundo no painel aqui do lado esquerdo

13 março 2013

Habemus Papam: Franciscus

Habemus Papam!

Cidade do Vaticano, 13 mar 2013 (Ecclesia) – O cardeal argentino Jorge Mario Bergoglio, de 76 anos, é o novo Papa, sucedendo a Bento XVI após um Conclave de dois dias e cinco escrutínios, escolhendo o nome de Francisco.

O cardeal norte-americano Timothy Dolan explicou nesta quinta-feira (14) que novo pontífice adotou o nome de Francisco em homenagem a São Francisco de Assis por "sua simplicidade e dedicação aos pobres".
AQUI ESTÁ O VÍDEO COMPLETO DESDE O FUMO BRANCO ATÉ O PAPA VIR FALAR


O fumo branco saiu hoje da chaminé colocada sobre a Capela Sistina a partir 19h06 locais (menos uma em Lisboa).
Os sinos da Basílica de São Pedro acompanharam a 'fumata', ao som das palmas das pessoas que enchem a Praça de São Pedro, debaixo de chuva, e dos gritos de 'habemus Papam'.


 
Jorge Mário Bergoglio, que adopta o inédito nome papal de Francisco, é pioneiro a vários níveis: o primeiro Papa sul-americano da História da Igreja Católica é também o primeiro jesuíta a ocupar o trono de São Pedro.

O 266º Papa nasceu em Buenos Aires, a 17 de dezembro de 1936, descendente de uma família italiana. O pai, Mario, era empregado nos caminhos de ferro e a mãe, Regina Sívori, doméstica. Com 76 anos e três meses, é dois anos mais novo do que era Joseph Ratzinger em 2005. Mas é, ainda assim, um dos Papas mais idosos de sempre a assumir o cargo.


Estudou para técnico químico, mas mudou de rumo em 1958, com 21 anos, optando pelo sacerdócio. Entrou nesse ano para a Companhia de Jesus, como noviço. Depois de uma passagem pelo Chile, voltou a Buenos Aires para concluir os estudos em filosofia e teologia.

Foi ordenado padre em dezembro de 1969, nomeado bispo auxiliar de Buenos Aires em 1992, arcebispo da capital argentina em 1997 e cardeal em 2001. Em 2005, como cardeal eleitor, já participou no conclave que elegeu o seu antecessor, tendo sido, um dos nomes mais votados, quase a par do eleito Joseph Ratzinger.

Foi ainda antes dos 35 anos que enfrentou um delicado problema de saúde, com dificuldades respiratórias que o levaram a perder um pulmão. Restabeleceu-se plenamente dos problemas, graças a um austero regime de vida.

Ao longo desse percurso, Bergoglio teve várias experiências de ensino, sendo ainda reitor da faculdade de teologia e filosofia em São Miguel, numa altura em que vigorava na Argentina uma ditadura militar. Não lhe foram conhecida intervenções políticas nesse periodo, que terminou em 1983. Mas durante os motins provocados pela crise económica de 2001, relata o diário La Nación, interveio contra a brutalidade policial na repressão das manifestações de rua, apelando diretamente ao ministro do Interior.

A partir de 1986 viajou para a Alemanha, onde completou o doutoramento, antes de regressar à Argentina, onde se tornou diretor espiritual e confessor da Companhia de Jesus. Publicou vários livros relacionados com a fé, entre eles Meditações para religiosos (1982), Reflexões sobre a vida apostólica (1986) e Reflexões de Esperança (1992).

Tem uma página no Facebook, que não gere pessoalmente, e não dá entrevistas, pelo que a sua imagem mediática, discreta, resulta das declarações feitas em homilias ou outras intervenções públicas.

Assumiu no passado posições próximas das classes desfavorecidas, lamentando a sorte das «meninas que deixam as bonecas para entrar em tugúrios da prostituição, por terem sido roubadas, vendidas e traídas».

É um crítico sem reservas do aborto. «Nunca é uma solução», afirmou por diversas vezes, acrescentando: «não se pode limitar o valor supremo da vida nem o direito das crianças por nascer». O combate às drogas (que definiu como «um mercado da morte») e as críticas à classe política, que acusou por diversas vezes de «vaidade e falta de humildade», são outras características do novo Papa.

Até há pouco tempo, como mais alto responsável religioso de Buenos Aires fazia questão de utilizar os transportes públicos da capital argentina para contactar com a população e ocasionalmente continuava a ouvir confissões na catedral de Buenos Aires, como um simples sacerdote.

6 comentários:

Raquel disse...

Hoje estou particularmente feliz, não só por já termos um novo Papa, mas também pela escolha de Jorge Mario Bergoglio.
Estive a ver em directo todo o processo e estava bastante ansiosa.
É o primeiro Papa latino-americano e achei que se trata de um homem muito sereno, humilde, com sentido de humor e penso que vai conseguir cativar os fiéis com muita facilidade.
Desejo que o Papa Francisco tenha um longo e feliz Papado e que conduza a Igreja Católica a bom porto.
Raquel

Sirlene/Brasil disse...

Espectativa, ansiedade, emoção e oração!Sozinha, em casa pude acompanhar toda a cobertura desta cerimônia magnífica,misto de ritos ,tradição respeito,pompa, garbo e espiritualidade, que é a eleição de um Papa!Não há como não se emocionar diante deste acontecimento histórico!Para mim,o sétimo Papa:PioXII, JoãoXXII, PauloVI, João PauloI, João PauloII, Bento XVI e agora FranciscoI.Em união com a Igreja Universal , tenho certeza que jamais vimos tamanho envolvimento em apreensão e Fé no Divino Espírito Santo, pedindo proteção para o escolhido, porque o que espera é atípico, ou pelo menos há muitos anos não acontecia no Vaticano.E eis que aí o temos:FranciscoI!
" Viva o Papa, Deus o proteja, o Pastor da Santa Igreja!"

Maria Teresa disse...

Família Retalhos 2,
Que felicidade... Rápido rápido, mentalmente construí biografia de "nosso" Papa Francisco!
Como suspeito, merece meu comentário um mero agitar de braços, aqui em meu "bairro"...
Alimento seu espírito ("Francisco") com bençãos de Paz e Bem! Pródigo Porvir...
Bem haja, rezo!

Anónimo disse...

Por várias razões estou feliz com a nomeação do novo Papa mas supera todas as alegrias o facto de ele ter decidido ser Francisco dos pobres, Francisco de Assis. Quanta esperança me fez aflorar! Esperança na reconstrução da Igreja; esperança em tudo o que Francisco de Assis trouxe de inovador e que até hoje nunca foi superado.
Também Fátima não deixa d estar presente.São tantosos factos bonitos... tanto a agradecr ao Espirito Santo!
Lídia

Mª Teresa disse...

Família Retalhos 2,
Escutei agorinha palavras saídas de transistor (sou amante destas palavrinhas que estão caindo em desuso...).
Papa Francisco se INSPIROU em S Francisco de Assis! E é tal a osmose comungada que sua vida não vai sofrer abandono de SIMPLICIDADE!
Conceda-lhe Deus um Papado longo e... mãos FORTES para conduzir esta Igreja, certamente MUITOS o desejam!
Assim seja!

Mãe Lena disse...

O sorriso e o olhar do Papa Francisco foram expressivos do que sentia naquele momento.

Gostei.

Espero que consiga ter um caminho de Paz e Bem ao jeito de S. Francisco de Assis.

Pelo menos uma certeza: as nossas orações foram ouvidas.

Deus o proteja.

AVISO LEGAL – Procurarei fazer, neste blog, uma utilização cautelosa de textos, imagens, sons e outros dados, respeitando os direitos autoriais dos mesmos. Sempre que a legislação exigir, ou reclamados os referidos direitos de autor, procurarei prontamente respeitá-los, corrigindo informação ou retirando os mesmos do blog

 
© 2009 | RETALHOS 2 | Por Templates para Você