Retalhos Bem-vindo! Retalhos Willkommen! Retalhos Bienvenido! Retalhos Bienvenue! Retalhos Benvenuti! Retalhos Welcome! Retalhos 歡迎! Retalhos Καλως ηλθατε! Retalhos Добро пожаловать! Retalhos!مرحبا Retalhos

PORTUGAL: BEM VINDO SANTO PADRE!

VÍDEOS: Para visualizar e ouvir os vídeos deverá dasativar a música de fundo no painel aqui do lado esquerdo

22 maio 2013

Ministro Geral eleito

Ministro Geral recebe o Selo Geral da Ordem
Frei Michael Anthony Perry foi eleito, esta manhã, Ministro Geral da Ordem Franciscana (OFM) «ad complendum sexennium» (até ao fim do sexénio). Nascido em Indianapolis (EUA), em 1954, Frei Michael Perry era o atual Vigário Geral da Ordem Franciscana.

Foi Ministro Provincial da Província do Sagrado Coração de Jesus (EUA). Serviu a sua Província de origem na formação teológica dos jovens frades no pós-Noviciado, trabalhou na comissão internacional de Justiça. Paz e Integridade da Criação, e foi missionário, durante dez anos, na República Democrática do Congo. Colaborou com o «Catholic Relief Services» e a Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos da América.

O seu currículo académico inclui o Doutoramento em Antropologia Teológica, Mestrado em Teologia, Mestrado de Formação Sacerdotal e Bacharelado em História e Filosofia.

Frei Michael Anthony Perry sucede neste serviço a Dom Frei José Rodríguez Carbalho, Arcebispo Titular de Belcastro, recentemente nomeado, pelo Papa Francisco, Secretário da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica.

Nasceu a 07/06/1954 em Indianápolis, Estados Unidos da América. Fez o Noviciado no ano de 1977/78 tendo feito a sua Profissão Temporária a 08/11/1978 e a Profissão Solene a 10/10/1981.
Foi Ordenado sacerdote a 02/06/1984
Este nosso irmão pertence à Província do Sagrado Coração de Jesus, nos Estados Unidos da América e desempenhava atualmente o cargo de Vigário Geral da Ordem

(Fonte: www.ofm.org.pt)

veja em baixo o VÍDEO DA ELEIÇÃO, ENTRGA DO SELO GERAL DA ORDEM E ABRAÇO DE OBEDIÊNCIA. in www.ofm.org

20 maio 2013

Capítulo Geral OFM

22 de maio novo Ministro Geral OFM

A Ordem dos Frades Menores terá um novo Ministro Geral no próximo dia 22 de maio e será o 120º sucessor de São Francisco de Assis, já que o Ministro Geral Frei José Rodríguez Carballo foi nomeado pelo Papa Francisco secretário da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica.
O Vigário Geral Frei Michael Perry, Em nome do Governo Geral, convocou os irmãos Provinciais e demais delegados por direito a fim de que, neste capítulo Geral extraordinário, se possa eleger o novo Ministro Geral que governará com o seu Definitório (Conselho) os destinos da Ordem até ao Pentecostes de 2015.
O Ministro Geral que vier a ser eleito no dia 22 de maio terá como missão dar  continuidade às decisões e propostas do último Capítulo Geral  (“Portadores do Dom do Evangelho”) e também que, a partir do próximo Conselho Plenário da Ordem, que será em novembro de 2013, na Polónia, bem como iniciar o processo de preparação para o Capítulo Geral de 2015″.
A Ordem dos Frades Menores está presente em 110 países, organizada em 103 províncias, 8 custódias autónomas, 14 custódias dependentes, 1 Federação e 20 Fundações. As Províncias e Custódias Autónomas são governadas, respetivamente, pelo Ministro Provincial e o seu Definitório ou pelo Custódio e o seu Conselho, eleitos pelo Capítulo Provincial ou pelo Capítulo da Custodia. As Províncias de uma ou mais áreas geográficas formam uma Conferência. Na Ordem dos Frades Menores as Conferências de Ministro Provinciais somam 14. Portugal e Espanha formam a chamada CONFRES, a Conferência Ibérica.
A Ordem dos Frades Menores está constituída por cerca de 15 mil frades que, incorporados nas Províncias e nas Custódias, são governados pelo Ministro Geral com seu Definitório (Conselho). A Regra dos Frades Menores, confirmada pelo Papa Honório III (1223), é o fundamento da vida e da legislação da Ordem.
Frei José Carballo, Espanhol, foi eleito Ministro Geral no dia 5 de junho de 2003 e, em 4 de junho de 2009, foi reeleito para mais seis anos. Ele foi nomeado pelo Papa Francisco para o novo cargo no dia 6 de abril último. Frei José foi ordenado Bispo, com o título de Arcebispo, no dia 18 de maio, véspera de Pentecostes, pelo Secretário de Estado do Vaticano, Tarcísio Bertone, no santuário de Santiago de Compostela, na galiza, Espanha.
ORAÇÃO PELA ELEIÇÃO DO MINISTRO GERAL OFM
Senhor Jesus Cristo, que nos chamaste, como São Francisco de Assis, a viver o Evangelho em fraternidade, na missão e no serviço aos pobres e aos marginalizados, em comunhão com a Igreja, te pedimos que infundas o teu Espírito sobre aquele que, seguindo o teu exemplo, dedique a sua vida no serviço de Ministro Geral da Ordem, com zelo e segundo o teu coração, e como sinal de vida doada no amor.
Agradecemos-te pelo irmão José, nosso ex-Ministro Geral, pelo seu fiel serviço à Ordem dos Frades Menores, à Igreja e ao mundo. Pedimos-te que dês a ele a graça necessária para desenvolver o seu novo ministério apostólico.
Pedimos-te, Senhor Jesus, em união com o Pai, que infundas o Espírito Santo sobre a Ordem dos Frades Menores, particularmente neste período de eleição do novo Ministro Geral. Acompanha com a tua divina sabedoria e inteligência o discernimento e as decisões da fraternidade.
Santíssima Trindade, concede ao novo Ministro Geral, que já escolheste, santidade e força para que desempenhe com dedicação o seu ministério e a sua missão. A tua Palavra reine soberana na sua vida, e com suas palavras e ações, possa orientar a Ordem a Ti, que és o Bem, todo Bem, o sumo Bem.
Continua a abençoar e a guiar a Ordem dos Frades Menores, para que todos possamos cumprir teu santo e verdadeiro mandamento.
A Bem-aventurada Virgem Maria, Mãe de Deus, interceda por nós agora e nos séculos dos séculos. Amém.

18 maio 2013

D. Fr. Jose Rodriguez Carballo OFM

Hoje a Igreja estará mais enriquecida e a Ordem e Família Franciscana também. Será Ordenado Bispo, com o título de Arcebispo,às 18h00 (hora de Espanha) em Santiago de Compostela - Espanha - o nosso irmão Fr. José Rodrigues Carbalho. No passado dia 06 de abril 2013, o Papa Francisco nomeou o Ministro Geral da Ordem dos Frades Menores (Franciscanos), e 119.º sucessor de S. Francisco de Assis, Frei José Rodriguez Carballo, como novo secretário da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, elevando-o também à “dignidade de arcebispo” Durante os últimos 9 anos este foi o nosso Ministro Geral e, por isso, a Ordem preparou este vídeo como forma de agradecer o seu Ministério de Menor entre os Irmãos Menores e desejar toda a perseverança no múnus a que a Santa Igreja agora o chamou. Pessoalmente conheço o nosso Irmão Bispo há 25 anos e desde aqui lhe envio a minha comunhão e gratidão na amizade e oração.
No site da Cúria Geral www.ofm.org procurar-se-á transmitir em direto a Celebração de Ordenação.
 

05 maio 2013

Melodias Franciscanas (Fr. Mário Silva OFM)

Antes de mais quero iniciar esta partilha recordando que HOJE É O DIA DA MÃE.
Por isso uma palavra de gratidão a Deus pela mãe que me deu e que ainda está entre nós.
Recordar todas as mães que de uma forma ou de outra se tornaram e tornam presentes na minha Vida.
Que a estas mães, à minha mãe, a Virgem Senhora Mãe de Deus e Mãe nossa abençoe.
 
Depois, deixar aqui um vídeo que pode mostrar a gratidão que esta semana, no Porto, a Família Franciscana, Rão Kyao, e muitos amigos, quiseram fazer ao nosso grande músico Fr. Mário Silva. Da minha parte quero agradecer o muito que com ele aprendi no tocante à música, à arte de viver e celebrar a Liturgia com textos que ele musicou e que me fez presente na voz a cantar louvando a Deus.
OBRIGADO FR. MÁRIO SILVA

01 maio 2013

S. José Operário


A devoção  a São José na Igreja Católica é antiquíssima. A Igreja do Oriente celebra-lhe a festa desde o século nono, tendo os Carmelitas introduzido tal festa na Igreja ocidental. Os Franciscanos em 1399 já festejavam a comemoração do santo Patriarca. Xisto IV inseriu-a no breviário e no missal; Gregório XV generalizou-a em toda a Igreja. Clemente XI compôs o ofício com os hinos para o dia 19 de março e colocou as missões da China sob a proteção de São José. Pio IX introduziu, em 1847, a festa do Patrocínio de São José e, em 1871 declarou-o PADROEIRO DA IGREJA CATÓLICA; Leão XIII e Benedito XV recomendaram aos fiéis a devoção a São José, de um modo particular, chegando este último Papa a inserir no missal um prefácio próprio.
Nada sabemos a respeito  da infância de São José, tampouco da vida que levou, até o casamento com Maria Santíssima. Os santos Evangelhos não nos dizem cousa alguma a respeito; limitam-se apenas a afirmar que  José era justo, o que  quer dizer: José era cumpridor da lei, homem santo.
Que a virtude e santidade de São José foram extraordinárias, vemos pela grande missão que Deus lhe confiou. Segundo a Doutrina de São Tomás de Aquino, Deus confere as graças e privilégios à medida da dignidade e da elevação do estado, a que destina o indivíduo. Pode imaginar-se dignidade maior que a de S. José que, pelos desígnios de Deus, devia ser esposo de Maria Santíssima e pai nutrício de seu divino Filho?  Maria Santíssima, consentindo no enlace com o santo descendente de David, não podia ter outra cousa em mira, senão uma garantia para o futuro, uma defesa de sua virtude e uma satisfação perante a sociedade, visto que no Antigo Testamento não era conhecida, e muito menos considerada, a vida celibatária. Celebrando o contrato, Maria Santíssima certamente o fez com  a garantia absoluta da pureza virginal, que por inspiração divina votara a Deus.  Ao realizar-se a grandiosa obra da Encarnação do Verbo , o Arcanjo Gabriel comunicou-se o grande mistério, que nela se havia de realizar e, após pronunciar o "fiat", consentindo sua maternidade operada pelo Espírito Santo, deixou São José em completa ignorância. Com esse consentimento, dirigiu-se à casa de Isabel, onde se demorou três meses e, de volta para casa, seu estado causou no espírito se São José as mais graves preocupações e cruéis  dúvidas. A virtude e a santidade da esposa estavam acima de qualquer  suspeita, não lhe permitindo explicação menos favorável. Nesta perplexidade invencível, resolveu abandonar a esposa e, quando tudo já estivesse providenciado para a partida, um Anjo do Senhor lhe aparece em sonhos e lhe diz: : "José, filho de Davi, não temas admitir Maria, tua Esposa, porque o que nela se operou é obra do Espírito Santo". Foram assim de vez dissipadas as negras nuvens do espírito de José. Com quanto respeito, com quanta atenção não teria tratado aquela, que pela fé sabia ser o tabernáculo vivo do Messias.
 Ignora-se quando São José  morreu. Há razões que fazem supor que o desenlace se  tenha dado antes da vida pública de Jesus  Cristo. Certamente não se achava mais vivo quando seu Filho morreu na cruz; do contrário não se explicaria porque Jesus recomendou a Mãe a São João Evangelista, não tendo por isto razão, se estivesse vivo São José.
Que morte santa terá tido o pai nutrício de Jesus! Que felicidade morrer nos braços do próprio Jesus Cristo, tendo à cabeceira a Mãe de Deus! Mortal algum teve igual ventura. A Igreja com muita razão invoca São José como padroeiro dos moribundos e os cristãos se  lhe dirigem com confiança, para alcançar a graça de uma boa morte.
Não existem relíquias de S. José, tampouco sabe-se algo do lugar onde foi sepultado. Homens ilustrados e versados nas ciências teológicas houve e há  que defendem a opinião que S. José, em atenção a sua alta posição e grande santidade, foi, como São João Batista, santificado antes do nascimento e já gozava de corpo e alma da glória de Deus no céu, em companhia de Jesus, seu Filho e Maria, sua Santíssima esposa. 
Grande deve ser a nossa confiança na intercessão de S. José. Não há pessoa, não há classe que não possa, que não deva se lhe dirigir. Santa Teresa, a grande propagandista da devoção a São José, chegou a dizer: "Não me lembro de ter-me dirigido a São José, sem que tivesse obtido tudo que pedira". 

(in, www.paginaoriente.com)

AVISO LEGAL – Procurarei fazer, neste blog, uma utilização cautelosa de textos, imagens, sons e outros dados, respeitando os direitos autoriais dos mesmos. Sempre que a legislação exigir, ou reclamados os referidos direitos de autor, procurarei prontamente respeitá-los, corrigindo informação ou retirando os mesmos do blog

 
© 2009 | RETALHOS 2 | Por Templates para Você