Retalhos Bem-vindo! Retalhos Willkommen! Retalhos Bienvenido! Retalhos Bienvenue! Retalhos Benvenuti! Retalhos Welcome! Retalhos 歡迎! Retalhos Καλως ηλθατε! Retalhos Добро пожаловать! Retalhos!مرحبا Retalhos

PORTUGAL: BEM VINDO SANTO PADRE!

VÍDEOS: Para visualizar e ouvir os vídeos deverá dasativar a música de fundo no painel aqui do lado esquerdo

02 maio 2015

DIA DA MÃE... (Michel Quoist)

Minha mais bela invenção, diz Deus, é minha Mãe.

Sentia falta dela e então a fiz.
Fiz a minha Mãe antes que ela me fizesse. Era mais garantido…
Agora sou um Homem de verdade, como todos os homens.
Nada mais preciso invejar-lhes, pois já tenho Mãe. Mãe de verdade. Estava sentindo falta d’Ela.
Minha Mãe, seu nome é Maria, diz Deus.
A sua alma é toda pura e cheia de graça.
O seu corpo é virgem, e mora nele uma luz tão radiosa que, na terra, não me cansei jamais de fitá-la, e ouvi-la, admirando-a.
É linda a minha Mãe, tão bela, que deixando os esplendores do Céu, ao lado dela não senti saudades.
No entanto, diz Deus, eu sei o que é ser carregado pelos anjos e, garanto-vos, não vale nem de longe os braços de uma Mãe, acreditem.
Minha Mãe, um belo dia morreu, diz Deus.
Desde o dia em que subi aos céus senti-a falta dela – e ela de mim.
Ela veio até a mim em corpo e alma, diretamente.
Eu não podia fazer de outra maneira. Era meu dever. Era mais conveniente.
Os dedos que tocaram Deus não podiam imobilizar-se.
Os olhos que contemplaram Deus não podiam ficar cerrados.
Os lábios que beijaram Deus não podiam enregelar-se.
Este corpo puríssimo que dera um corpo a Deus não podia apodrecer, misturado com a terra…
Não, eu não podia, não era possível, ter-me-ia custado muito.
Por mais que eu seja Deus, eu sou seu Filho, e quem manda sou eu.
E, além disso, diz Deus, foi também para os meus irmãos, os homens, que eu fiz isso.
Para que eles tenham também uma Mãe lá no céu. Mãe de verdade, igual a eles, corpo e alma. A minha Mãe.
Agora pronto! Está comigo desde o instante da morte. A Assunção, como dizem os homens.
A Mãe encontrou o Filho e o Filho, a Mãe. Corpo e alma, um bem ao lado do outro, eternamente.
Se os homens adivinhassem a beleza deste Mistério!
Reconheceram-no, enfim, oficialmente. O meu representante na terra, o Papa, proclamou-o solenemente.
É um prazer, diz Deus, ver os nossos dons apreciados. Há já muito tempo, o povo cristão pressentira este grande mistério do meu amor filiar e fraternal…
E agora, que o aproveitem mais ainda, diz Deus.
Têm no Céu uma Mãe que os acompanha com os olhos, os seus olhos de carne.
Têm no Céu uma Mãe que os ama de todo o coração, o seu coração de carne.
E esta Mãe, é a minha, que me olha com os mesmos olhos, que me ama com o mesmo coração.
Se os homens fossem espertos, bem o aproveitariam.
Deviam imaginar que a Ela nada posso recusar… Que querem que eu faça? É a minha Mãe.
Assim o quis. Agora não me queixo.
Um diante do outro, corpo e alma, Mãe e Filho.
Eternamente Mãe e Filho.”

(Michel Quoist – in Poemas para rezar)

OBRIGADO MEU DEUS PELA MINHA MÃE... 
TENHO SAUDADES DELA...


3 comentários:

maresia disse...

Olá Amigo Frei!
Também eu tenho saudades da minha mãe e já lá vão 19 anos que ela partiu para a casa do Pai; mas por mais estranho que possa parecer, ela continua viva no exemplo de vida e nos ensinamentos que me deu, apesar de nem ter podido completar o ensino primário, por dificuldades económicas. Como eu a tenho presente, cada vez que tenho que tomar decisões... e acabo sempre por decidir, de acordo com aquilo que dela aprendi.
Durante os últimos 3 dias, caminhei rumo a Fátima, ao encontro da Mãe, mas pelo caminho sentimos que era ELA quem ia na frente a conduzir-nos ao Seu Filho, animados pelo lema "Que a minha Alegria seja a vossa Alegria" Jo 15,11". A chuva foi bênção e companheira de peregrinação...
Rezamos por aqueles irmãos nossos que partiram em plena caminhada...Avé-Maria...

Maria Teresa disse...

Paz e Bem, FA!
É tão lindo ACEITAR tudo isto!
Mas, (não quero esconder) respirar e sentir toda a Natureza nesta formosa Primavera de 2015!
Bem haja,

Mãe Lena disse...

No dia da Mãe, ouvi este lindo poema lido por ti no fim de mais uma belíssima Homilia. Tocou-me profundamente. Já o li vezes sem conta, mas só agora consigo escrever…

Um dia, com o rosto cheio de lágrimas escrevi-te “Mas dói tanto…” e tu respondeste “Entrega-te à Mãe...”. Assim o fiz, de corpo e alma…

Entreguei-me, confiei em pleno na Mãe do Céu, na certeza que cuidaria de mim, cuida e cuidará sempre. No coração, muito perto, os meus mimos diariamente presentes, por tantos motivos… e por cá a oração, a ajuda dos Amigos e da minha mãe que tão bem cuidou de mim e cuida…

Obrigada, MUITO OBRIGADA… por tudo… pela Tua mais bela invenção, a Mãe, a MINHA MÃE.

AVISO LEGAL – Procurarei fazer, neste blog, uma utilização cautelosa de textos, imagens, sons e outros dados, respeitando os direitos autoriais dos mesmos. Sempre que a legislação exigir, ou reclamados os referidos direitos de autor, procurarei prontamente respeitá-los, corrigindo informação ou retirando os mesmos do blog

 
© 2009 | RETALHOS 2 | Por Templates para Você